sicnot

Perfil

Mundo

Antigo guarda nazi Oskar Groening pede perdão a vítimas de Auschwitz

Antigo guarda nazi Oskar Groening pede perdão a vítimas de Auschwitz

Oskar Groening, o antigo guarda nazi apelidado de "contabilista de Auschwitz", que começou hoje a ser julgado na Alemanha por cumplicidade no assassínio de 300.000 pessoas, pediu "perdão às vítimas" do campo de concentração na abertura do julgamento. "Para mim não há dúvida de que partilho uma culpa moral", declarou o antigo SS, de 93 anos.

  • Reedição do “Mein Kampf” em 2016 gera polémica

    Cultura

    A decisão de autorizar a publicação de “Mein Kampf”, de Adolf Hitler, no início de 2016, pela primeira vez em 75 anos, está a suscitar polémica. O manifesto nazi deverá ser publicado pelo Instituto de História Contemporânea de Munique. A reedição do “Mein Kamps” visa “prevenir que esses acontecimentos traumáticos voltem a acontecer”, defende o director do referido instituto, Magnus Brechtken, em reação às críticas sobre a publicação do livro.

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.