sicnot

Perfil

Mundo

Detetado novo caso de gripe aviária no centro dos EUA

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos informou, este domingo, ter detetado um novo caso de gripe aviária no estado de Iowa (centro) numa quinta com galinhas poedeiras.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Bobby Yip / Reuters

A estirpe detetada corresponde ao subtipo H5N2, o mesmo que na semana passada foi descoberto no mesmo estado e que levou ao abate de 27 mil perus. Para evitar o contágio, até 5,3 milhões de galinhas poderão ser sacrificadas na quinta afetada pelo surto, localizada no condado de Osceola.

 Especialistas acreditam que o vírus se está a propagar através dos excrementos das aves migratórias ao longo do rio Mississípi.

O Iowa é o principal produtor de ovos dos Estados Unidos, com uma indústria que move naquele estado cerca de 2.000 milhões de dólares (1.862 milhões de euros), dado que produz um em cada cinco ovos consumidos no país.

Desde o início do ano, foram detetados surtos de gripe aviária em 12 estados norte-americanos. 


Lusa
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.