sicnot

Perfil

Mundo

Indiana deixada pelo marido condenada a viver com vizinho

O conselho de uma aldeia no norte da Índia ordenou a uma residente, cujo marido fugira com a esposa de um vizinho, que passe a viver com o morador abandonado ou que lhe pague uma compensação.

© Anindito Mukherjee / Reuters

A polícia está a investigar o pedido de ajuda que Rajendra Meghwal fez ao conselho da aldeia, situada no Estado de Rajasthan (norte da índia), depois da fuga da sua esposa, acompanhada das duas crianças de ambos, com o vizinho Kalulal Meghwal.

Mamta, a mulher de Kalulal, disse à polícia que o conselho da aldeia a obrigou a escolher entre pagar uma compensação de cerca de 4.500 euros a Rajendra Meghwal por o seu marido ter fugido com a mulher deste ou a ir viver com o homem "abandonado".

"A mulher não esteve presente na reunião do conselho, mas veio queixar-se a nós de que fora solicitada para escolher entre pagar dinheiro ou viver com Rajendra Meghwal", disse o polícia Sanjay Kumar à Agência  France Press

Na decisão do conselho da aldeia não ficou claro se ao viver com Rajendra desempenhará o papel de esposa ou de empregada doméstica.

Os conselhos de aldeia, conhecidos como panchayats, consistem em grupos de cidadãos não eleitos que são encarados como árbitros sociais e morais da respetiva aldeia.

Embora não tenham cobertura legal, os panchayats são muito influentes e têm sido acusados de aplicar sanções a "crimes de honra" praticados por mulheres cujas ações são vistas como vergonhosas para as suas famílias.

Apelidados de "tribunais de canguru" pelos críticos, os conselhos de aldeia são conhecidos pelos espancamentos em público e por outras medidas de coação que aplicam àqueles que consideram criminosos.

Com Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.