sicnot

Perfil

Mundo

Poluição na China com melhorias mas ainda assustadora

Os níveis de poluição em algumas grandes cidades chinesas caíram cerca de um terço no primeiro trimestre de 2015, mas o fenómeno continua a ser "uma grande ameaça à saúde pública", disse hoje a organização ambientalista internacional Greenpeace.

© Kim Kyung Hoon / Reuters

Em Pequim, a densidade de PM 2.5 - as partículas mais pequenas e suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões - diminuiu 13% e na vizinha província de Hebei, considerada a principal responsável pela elevada poluição na capital chinesa, registaram-se descidas de 31%, precisa um comunicado da Greenpeace.

Segundo a mesma fonte, entre 74 cidades cuja qualidade do ar é diariamente monitorizada pelas autoridades, houve algumas em que o nível de poluição chegou a cair 48% nos primeiros três meses deste ano.

Um responsável da Greenpeace para a Ásia Oriental, Zhang Kai, atribuiu a melhoria às "drásticas medidas" tomadas pelo governo chinês.

Só em Pequim, foram encerradas duas centrais elétricas a carvão.

Mas "apesar das modestas melhorias" em cidades como Pequim, "os dados descrevem um panorama sombrio", considera a Greenpeace. 

"Para a nossa saúde e a dos nossos filhos, é essencial que recuperemos o nosso céu azul (...) A melhor solução a longo prazo é conseguir uma transição do carvão para as energias limpas e renováveis", defende a organização.

Em 2013, quando os níveis de poluição em Pequim deram origem à palavra "arpocalipse", o novo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, prometeu "declarar guerra à poluição".

A poluição é uma das maiores fontes de insatisfação popular na China, a par da corrupção e das crescentes desigualdades sociais.

AC // DM.

Lusa/Fim

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Portugueses passam mais de oito horas por semana ao volante
    0:59

    País

    Os portugueses gastam, em média, oito horas em deslocações durante a semana. Um estudo do Observatório Europeu da Mobilidade, divulgado hoje, diz ainda que a grande maioria prefere o automóvel como meio de transporte. Entre os países europeus, Portugal é líder na utilização do carro para deslocação para o trabalho.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • PCP abre debate quizenal com assuntos laborais e sociais

    País

    Um dia depois da sessão solene do 25 de Abril, os deputados regressam hoje ao parlamento para mais um debate quinzenal com o primeiro-ministro, que será seguido por uma discussão sobre o Conselho Europeu extraordinário de sábado. Acompanhe aqui em direto às 15h00 e Minuto a Minuto.

  • Portugal subiu cinco lugares no Ranking da Liberdade de Imprensa
    1:42

    País

    Portugal está agora na 18 ª posição em 180 países no relatório deste ano dos Repórteres Sem Fronteiras. Esta associação revela que a imprensa portuguesa foi condenada 21 vezes por violação de liberdade de expressão e por difamação pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.