sicnot

Perfil

Mundo

Barack Obama alerta para os perigos das alterações climáticas

O Presidente dos EUA, Barack Obama, disse hoje que as alterações climáticas "não podem ser negadas", durante uma visita ao Parque Nacional das Everglades, na Flórida, iniciativa que visa elevar a consciência dos perigos associados a estas mudanças.

© Jonathan Ernst / Reuters

Obama passou o Dia da Terra nesta imensidão subtropical para reforçar os avisos de que um planeta mais quente significa "tempestades mais fortes" e "secas mais intensas", que ameaçam tanto a economia como os ecossistemas. 

"As alterações climáticas já não podem ser negadas. Não podem ser maquilhadas. Não podem ser omitidas das conversas", disse Obama, quando se aproxima um período crucial para determinar o que vai ser o leu legado ambiental. 

Enquanto defendia que os parques nacionais têm de ser protegidos para as suas filhas e as futuras gerações, Obama também sublinhou que as alterações climáticas estão a ter um impacto económico. 

A subida do nível do mar nas Everglades ameaça a indústria do turismo no Estado da Florida, quantificada em 82 mil milhões de dólares (76 mil milhões de euros), adiantando que cada dólar dos contribuintes investido nos parques nacionais gera um retorno de dez dólares para o conjunto da economia. 

Muitos dos seus adversários republicanos apontam o custo económico do combate às alterações climáticas como uma razão para o seu ceticismo com estas.

Obama solicitou aos seus adversários que assumissem uma abordagem comum com os democratas, exemplificando com os Presidentes republicanos Theodore Roosevelt e Richard Nixon, uma vez que aquele protegeu a agência dos Parques Naturais e este criou a da Proteção Ambiental. 

Em dezembro, a Organização das Nações Unidas vai organizar em Paris uma cimeira da qual se espera que resulte um acordo vinculativo para reduzir a emissão dos gases com efeito de estufa. 



Lusa
  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Matteo Renzi demite-se da liderança do Partido Democrático

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi demitiu-se hoje da liderança do Partido Democrata (PD), uma decisão que faz parte de uma estratégia para retomar o controlo da formação de centro-esquerda, onde uma minoria mais à esquerda ameaça cindir-se.