sicnot

Perfil

Mundo

Comissões Europeia e da União Africana reúnem-se hoje com Mediterrâneo na agenda

A Comissão Europeia e a Comissão da União Africana celebram hoje, em Bruxelas, a tradicional reunião anual entre os dois executivos, com a situação no Mediterrâneo a dominar as atenções, face às centenas de imigrantes mortos nos últimos naufrágios. 

© Stringer . / Reuters

Um dia antes de uma cimeira extraordinária de chefes de Estado e de Governo da UE convocada para Bruxelas na sequência do naufrágio do passado fim-de-semana que provocou cerca de 800 mortos, os "executivos" da União Europeia e da União Africana encontram-se pela primeira vez desde que a Comissão Europeia liderada por Jean-Claude Juncker tomou posse, com a questão das migrações a dominar inevitavelmente a agenda.

A agenda do encontro contempla os mais diversos temas, como a agenda para a cooperação pós-2015, as negociações sobre alterações climáticas, cooperação no combate ao extremismo violento na Somália, Sahel e do grupo Boko Haram na Nigéria e países vizinhos, e investimento na inovação, mas as atenções estão naturalmente centradas agora na questão das migrações, face aos sucessivos naufrágios no Mediterrâneo nos últimos dias, que a UE quer enfrentar de forma decidida, com o apoio dos seus parceiros.

"No contexto da crise em curso na Líbia e da situação dramática no Mediterrâneo, temos que intensificar a cooperação com os países do norte de África e da África subsaariana, para construir capacidades de gestão de migração e fronteiras, com o apoio de organizações internacionais já ativas no terreno", comentou Jean-Claude Juncker, antecipando a reunião de hoje.


Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.