sicnot

Perfil

Mundo

Foguetão experimental russo despenha-se após descolagem

Um foguetão experimental russo despenhou-se esta quarta-feira logo após a descolagem numa zona desabitada do norte da Rússia, referiu à Agência France Press um responsável das autoridades locais. 

Arquivo

Arquivo

Dmitry Lovetsky

"Os militares confirmaram que um foguetão se despenhou", referiu, antes de acrescentar que não se registaram vítimas nem danos materiais. 

O foguetão despenhou-se na região de Arkhanguelsk, cerca de 900 quilómetros a norte de Moscovo, onde se situa designadamente o cosmódromo russo de Plessetsk, ainda segundo a mesma fonte. 

"O acidente não representa qualquer ameaça para os habitantes (da região) nem para o ambiente. O foguetão não continha substâncias ou materiais perigosos", declarou à agência noticiosa russa Interfax um porta-voz do Centro nacional de gestão de crises.  

O setor espacial russo tem registado nos últimos anos uma série de reveses, em particular o falhanço em colocar em órbita satélites de comunicação ou a perda de uma sonda enviada em direção a um satélite de Marte. 

No verão de 2013, um foguetão Proton que transportava três satélites Glonass, o futuro sistema de navegação por satélite russo, também explodiu na descolagem. 

A Rússia conseguiu, no entanto, lançar no final de dezembro o foguetão de nova geração Angara, o primeiro a ser utilizado desde a dissolução da URSS em 1991 e que deverão substituir os Proton. 

Numa tentativa de ultrapassar as atuais dificuldades, a Rússia anunciou no final de janeiro uma nova estratégica para o seu setor espacial através da fusão de diversas estruturas, sob a direção da agência Roskosmos.

Lusa
  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.