sicnot

Perfil

Mundo

Foguetão experimental russo despenha-se após descolagem

Um foguetão experimental russo despenhou-se esta quarta-feira logo após a descolagem numa zona desabitada do norte da Rússia, referiu à Agência France Press um responsável das autoridades locais. 

Arquivo

Arquivo

Dmitry Lovetsky

"Os militares confirmaram que um foguetão se despenhou", referiu, antes de acrescentar que não se registaram vítimas nem danos materiais. 

O foguetão despenhou-se na região de Arkhanguelsk, cerca de 900 quilómetros a norte de Moscovo, onde se situa designadamente o cosmódromo russo de Plessetsk, ainda segundo a mesma fonte. 

"O acidente não representa qualquer ameaça para os habitantes (da região) nem para o ambiente. O foguetão não continha substâncias ou materiais perigosos", declarou à agência noticiosa russa Interfax um porta-voz do Centro nacional de gestão de crises.  

O setor espacial russo tem registado nos últimos anos uma série de reveses, em particular o falhanço em colocar em órbita satélites de comunicação ou a perda de uma sonda enviada em direção a um satélite de Marte. 

No verão de 2013, um foguetão Proton que transportava três satélites Glonass, o futuro sistema de navegação por satélite russo, também explodiu na descolagem. 

A Rússia conseguiu, no entanto, lançar no final de dezembro o foguetão de nova geração Angara, o primeiro a ser utilizado desde a dissolução da URSS em 1991 e que deverão substituir os Proton. 

Numa tentativa de ultrapassar as atuais dificuldades, a Rússia anunciou no final de janeiro uma nova estratégica para o seu setor espacial através da fusão de diversas estruturas, sob a direção da agência Roskosmos.

Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.