sicnot

Perfil

Mundo

Papa critica machismo e denuncia instrumentalização do corpo feminino

O papa criticou hoje "os excessos do machismo", que considera a mulher "de segunda classe" e denunciou "a instrumentalização e comercialização do corpo feminino na atual cultura mediática". 

© Alessandro Bianchi / Reuters

Francisco apresentou esta reflexão na audiência geral de hoje na praça de São Pedro. 

Durante a intervenção, o papa argentino denunciou as "variadas formas de sedução enganosa e prepotência humilhante" exercidas sobre as mulheres, como "os excessos do machismo, que considera a mulher de segunda classe". 

"Pensemos também na instrumentalização e comercialização do corpo feminino na atual cultura mediática", acrescentou. 

Jorge Bergoglio voltou a sublinhar a importância das mulheres e garantiu que forma, com o homem, um duo que se complementa. 

O papa lembrou que, de acordo com a Igreja Católica, quando Deus criou Adão, este estava sozinho, mas "quando lhe apresentou uma mulher, o homem reconheceu aquela criatura como parte dele 'Osso dos meus ossos, carne da minha carne'. Há um reflexo, uma reciprocidade". 

Neste sentido, Francisco disse que "a mulher não é uma réplica do homem, mas foi criada diretamente por Deus". 

A ideia de que Eva foi criada a partir da costela de Adão "não significa inferioridade ou subordinação, mas que homem e mulher são a mesma substância e são complementares, também têm essa reciprocidade", disse.

O papa Francisco afirmou que "Deus deposita no homem e na mulher uma confiança plena, mas o mal coloca nos seus corações a sombra da suspeita e da desconfiança, que leva à desobediência a Deus e a destruição da harmonia entre eles". 

"A relação vê-se assediada por mil forma de sedução enganosa, humilhação e até de violência", acrescentou. 

Estas situações aumentaram a desconfiança entre o homem e a mulher "e a dificuldade de uma aliança plena, capaz de uma relação íntima de comunhão e de respeito das diferenças", explicou. 

"Ao mesmo tempo, desvalorizou-se socialmente a aliança estável e criadora entre ambos, o que constitui uma grande perda para todos. É importanto que se volte a valorizar o casamento e a família", concluiu Francisco. 

Lusa
  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • Campanha eleitoral em Angola chega hoje ao fim

    Mundo

    Os candidatos às eleições gerais angolanas de quarta-feira terminam hoje um mês de campanha, com milhares de quilómetros percorridos, uma breve aparição de José Eduardo dos Santos e as possíveis coligações em destaque.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.