sicnot

Perfil

Mundo

Cinco atentados terroristas "frustrados" em França nos últimos meses

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, revelou hoje que cinco ataques terroristas foram "frustrados" em França nos últimos meses.

© Philippe Wojazer / Reuters

"Inúmeros ataques foram frustrados -- cinco se se tiver em conta o ataque que felizmente não teve lugar em Villejuif", nos arredores de Paris, no passado domingo, disse Valls à rádio France Inter, um dia depois do anúncio da detenção de um jovem argelino que projetava um atentado contras igrejas em França.

Sid Ahmed Ghlam, de 24 anos, estudante de informática que habitava numa residência universitária parisiense, é também suspeito de ter assassinado uma mulher de 32 anos. A polícia apreendeu documentos que o ligavam ao grupo extremista autointitulado Estado Islâmico (EI) e à organização terrorista Al-Qaida.

O jovem argelino estava "em contacto" com uma pessoa que se encontraria na Síria e "que lhe pedia explicitamente para atingir uma igreja", segundo precisou, na quarta-feira, o procurador do Ministério Público encarregado do inquérito, François Molins.

Anteriormente, o estudante argelino tinha sido vigiado pelos serviços secretos franceses, que suspeitavam de "preparativos de partida para a Síria" para se juntar às fileiras 'jihadistas', disse, no mesmo dia, o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, ao anunciar a detenção.

No seu quarto e no seu carro, os investigadores encontraram quatro espingardas de assalto kalashnikov, pistolas, coletes à prova de bala, braçadeiras e capas a dizer "Polícia", documentos em árabe com referências à Al-Qaida e à organização Estado Islâmico, bem como notas manuscritas que provam que ele fez viagens de reconhecimento para cometer um atentado, precisou o procurador.


Lusa



NewsSubjects:- Crime, lei e justiça - Terrorismo - Governo (sistema) - investigação policial 

20150423T080855

  • Funcionários públicos hoje em greve
    1:37

    Economia

    Os funcionários públicos estão hoje em greve. A paralisação pode fechar algumas escolas, centros de saúde e outros serviços públicos. O fim da precariedade e o reforço de pessoal são duas das reivindicações do protesto.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.