sicnot

Perfil

Mundo

Fotografia publicada no Facebook compara vacinação à violação

A imagem foi publicada no Facebook de uma comunidade anti-vacinação da Austrália, a Australian Vaccination-skeptics Network (AVN) e já foi retirada da página.  Os responsáveis da AVN dizem que não tiveram qualquer responsabilidade na publicação dessa fotografia. 

A fotografia a preto e branco foi publicada, esta quarta-feira, na página da comunidade. Mostra um homem a tapar a boca a uma mulher, com o seguinte texto: "penetração forçada: realmente não é grande coisa, se é apenas uma agulha de vacinação, e se ele é um médico. Realmente controla as suas próprias escolhas?"

De imediato choveram críticas, nas redes sociais. Até mesmo os defensores da não-vacinação consideraram a imagem de "mau gosto". Opinião semelhante tem a porta-voz do grupo, Meryl Dorey, que admitiu que "foi longe demais"

A fotografia foi entretanto retirada. Meryl Dorey, rejeita qualquer responsabilidade e garante que foi um seguidor do grupo que a publicou. (A página é aberta a comentários do público e seguidores). De acordo com um jornal australiano, a fotografia foi publicada por Ben Rush, um membro da AVN.

Os membros desta comunidade cética australiana defendem que cada um deve ser livre para escolher se vacina ou não as crianças e que o Estado não deve impor a vacinação. Acreditam ainda que existe uma ligação entre o autismo e as vacinas. 

Recentemente, a comunidade científica publicou um estudo que deita por terra esta teoria. Revelou que não existe qualquer ligação entre a vacina que previne o sarampo, a papeira e a rubéola e o autismo. O estudo liderado por Anjali Jain, médico em Falls Church, Virgínia, nos Estados Unidos da América, foi publicado no  "Journal of the American Medical Association".

A Entidade Reguladora da Saúde da Austrália, investigou, em 2014, a Australian Vaccination-skeptics Network e concluiu que a informação, publicada nos diversos canais desta organização, era "enganosa, deturpada e incorreta", e que a informação era suscetível de causar "medo e alarme" nas pessoas.

Alertou ainda os seguidores para procurarem segundas opiniões junto dos médicos. Na sequência desta investigação, a AVN perdeu o estatuto de organização de solidariedade e foi forçada a inserir "céticos" no nome.

A comunidade anti-vacinação continua a crescer na Austrália, de tal modo que, o primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, afirmou, dia 12 de abril, que vai impedir o acesso dos pais, que recusem vacinar os seus filhos, a um pacote de benefícios que são concedidos pelo Estado.

O anúncio, surge numa altura de intenso debate sobre a imunização de crianças, com pais a defenderem que as vacinas contra doenças mortais são perigosas, num movimento que coincidiu com o ressurgimento do sarampo na Europa e nos Estados Unidos.
  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.