sicnot

Perfil

Mundo

Julgamento de acidente com autocarro de adeptos polacos em Lisboa tem hoje alegações finais

As alegações finais do julgamento do motorista do autocarro com adeptos de futebol do Legia de Varsóvia que, em 2012, embateu numa viatura ligeira, de que resultou a morte do condutor do automóvel, estão marcadas para hoje em Lisboa.

© Chip East / Reuters

Os factos ocorreram cerca das 00:10 de 24 de fevereiro de 2012, quando o autocarro que transportava adeptos do clube polaco Legia de Varsóvia, após um jogo com o Sporting para a Liga Europa, chocou frontalmente num automóvel, na Avenida Fontes Pereira de Melo, em Lisboa.

O motorista do autocarro, hoje com 48 anos e único arguido no processo, está acusado pelo Ministério Público (MP)de um crime de homicídio por negligência e de duas contraordenações, uma muito grave.

O MP proferiu despacho de arquivamento quanto ao antigo comandante metropolitano de Lisboa da PSP e dois agentes policiais, responsáveis pela escolta policial desde o Estádio Alvalade XXI até ao Aeroporto de Lisboa, e deduziu acusação contra o motorista.

"O acidente ficou a dever-se exclusivamente à condução do arguido, que, porque pretendia juntar-se aos outros veículos da coluna que já tinham passado o cruzamento, não respeitou a sinalização semafórica que se encontrava de cor vermelha (...), porque imprimia uma velocidade superior ao permitido por lei e sem antes se ter certificado, como lhe era possível e exigível, que não colocava em perigo os outros utentes da via e causar um acidente, como veio a acontecer", diz a acusação do MP, a que a agência Lusa teve acesso.

Para o MP, o motorista conduzia o autocarro "sem a atenção e o cuidado necessários a uma circulação prudente", tendo desrespeitado o sinal vermelho e seguido a uma velocidade não inferior a 55 quilómetros/hora.

O início das alegações finais está agendado para as 15:00 na Instância Criminal Local, Juiz 1, no campus da Justiça.


Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.