sicnot

Perfil

Mundo

Segunda erupção num dia em vulcão adormecido há quase meio século no Chile

galeria de fotos

Uma nova erupção foi registada, esta quarta-feira, no vulcão Calbuco, no sul do Chile, pela segunda vez em apenas um dia, depois de ter estado 'adormecido' quase meio século, informaram as autoridades.

© STRINGER Chile / Reuters

© Stringer Shanghai / Reuters

© STRINGER Chile / Reuters

© Stringer Shanghai / Reuters

© STRINGER Chile / Reuters

© STRINGER Chile / Reuters

© STRINGER Chile / Reuters

© STRINGER Chile / Reuters

© STRINGER Chile / Reuters

A Presidente do Chile, Michelle Bachelet, decretou estado de exceção por catástrofe na província de Llanquihue e no município de Puerto Octay, após a primeira erupção no Calbuco, situado a 1.000 quilómetros a sul da capital, Santiago.

Esta decisão significa que as forças armadas e de segurança são destacadas para o terreno e tomam o controlo da situação, além de colaborarem na retirada de pessoas de uma área correspondente a um raio de 20 quilómetros em torno do vulcão, considerada "zona de exclusão imediata".

Após 43 anos de inatividade, o vulcão chileno Calbuco entrou em erupção na quarta-feira, lançando uma gigantesca coluna de fumo para o ar, próximo da cidade portuária de Puerto Montt, e levando as autoridades a emitir um alerta vermelho, o qual se mantém em vigor.


Lusa
  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50