sicnot

Perfil

Mundo

Senado dos EUA confirma Loretta Lynch como ministra da Justiça

O Senado dos EUA confirmou hoje a procuradora federal Loretta Lynch como ministra da Justiça, sendo esta a primeira mulher negra a assumir o cargo. 

© Kevin Lamarque / Reuters

Os senadores aprovaram a indicação de Lynch, de 55 anos, para a chefia do Departamento de Justiça por 56 votos contra 43.

Lynch era desde 2010 procuradora federal no distrito leste de Nova Iorque, onde supervisionou vários casos de corrupção, crime organizado e terrorismo. 

O Presidente Barack Obama tinha-a nomeado em novembro para suceder a Eric Holder, mas a nomeação ficou refém de uma batalha entre a maioria republicana e a minoria democrata no Senado.  

Nos EUA, os membros do gabinete presidencial têm de ser aprovados pelo Senado. 

Numerosos republicanos estimam que a Justiça sob Obama assumiu um pendor político, apoiando designadamente a abordagem seguida em novembro pelo Presidente para regularizar provisoriamente milhões de imigrantes indocumentados. 

O currículo de Loretta Lynch, porém, faz dela uma candidata irrepreensível, segundo os democratas, unânimes no apoio concedido, que têm denunciado desde há meses o empenho republicano em atrasar o voto de confirmação. 

"O facto de a sua nomeação ter sido adiada pelos republicanos do Senado durante 167 dias, um recorde, é uma vergonha para o Senado dos EUA", afirmou o democrata Richard Durbin. 

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.