sicnot

Perfil

Mundo

Chile mantém estado de emergência em zona de erupção vulcânica

O Chile mantém o estado de exceção e de emergência por catástrofe nas localidades em torno do vulcão Calbuco, no sul do país, cuja dupla erupção, na quarta-feira, obrigou à retirada de mais de 4.000 pessoas.

© STRINGER Chile / Reuters

O ministro do Interior chileno, Rodrigo Peñailillo, detalhou que se mantém a zona de exclusão de 20 quilómetros em torno do vulcão, a fim de proteger a população.

O vulcão Calbuco, localizado na região de Los Lagos, entrou na quarta-feira de forma inesperada em erupção, lançando uma enorme coluna de fumo e de cinzas, mas também expelindo rochas, depois de ter passado quase meio século 'adormecido'.

Em conferência de imprensa, o ministro do Interior detalhou que 237 afetados pela erupção vulcânica se encontram em sete albergues disponibilizados pelo Departamento Nacional de Emergência.

O chefe do gabinete da Presidente chilena, Michelle Bachelet, disse que foram entregues colchões, mantas e alimentos na região de Los Lagos, enquanto na de Araucania foram distribuídas máscaras devido à queda de cinza.

Foi também declarado um alerta sanitário na província de Llanquihue e Puerto Octay, mantendo-se o recolher obrigatório nas comunidades de Puerto Montt, Puerto Varas e Puerto Octay.

A medida estende-se entre as 23:45 até às 05:00 locais (03:45 e 09:00 de sexta-feira)

Segundo relatórios do Observatório Vulcanológico de Los Andes do Sul (OVDAS), com base na análise de informação recolhida através de estações de monitorização instaladas perto do Calbuco, o vulcão permanece instável, pelo que poder-se-ão registar novas erupções.

Por seu lado, o Serviço de Meteorologia assinalou no seu último relatório que as cinzas já chegaram a Curicó, cidade situada a 839 quilómetros do vulcão e a 207 quilómetros a sul de Santiago do Chile.

O Calbuco, com 2.015 metros de altura, encontra-se a 1.000 quilómetros a sul da capital chilena.


Lusa

  • PSOE apresenta moção de censura contra Mariano Rajoy

    Mundo

    O PSOE apresenta hoje uma moção de censura contra o presidente do governo, Mariano Rajoy. A notícia está a ser avançada pelos meios de comunicação social espanhóis. Em causa está a condenação judicial de vários dirigentes do Partido Popular no caso de corrupção, conhecido como "Gurtel".

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Pelo menos 50 mortos em naufrágio na RD Congo

    Mundo

    Cinquenta corpos foram resgatados depois que um barco ter naufragado num rio no noroeste da República Democrática do Congo (RDCongo) na quarta-feira, de acordo com um relatório oficial entregue hoje à Agência France Presse (AFP).

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC