sicnot

Perfil

Mundo

Piratas informáticos russos entraram nos sistemas do Pentágono

Piratas informáticos russos conseguiram aceder a uma rede de computadores não classificados do Departamento de Defesa dos Estados Unidos (Pentágono) no início deste ano, afirmou esta quinta-feira o secretário de Defesa, Ashton Carter.

Uma perspetiva aérea sobre o Pentágono. (Arquivo)

Uma perspetiva aérea sobre o Pentágono. (Arquivo)

© Jason Reed / Reuters

De acordo com o mesmo responsável, que falava numa universidade na Califórnia sobre tecnologia e cibersegurança, o incidente foi "rapidamente identificado" e as equipas de investigação seguiram o rasto dos piratas em 24 horas.

O Pentágono analisou "a atividade da rede, associada à Rússia, e rapidamente foram expulsos" da rede, afirmou.

Em março, o responsável pela Agência de Segurança Nacional, Michael Rogers, tinha já dito que a Rússia estava a fazer uma demonstração de força na área da cibersegurança por causa da situação na Crimeia e na Ucrânia.

Lusa
  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.