sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 20 "jihadistas" mortos nos arredores de Kobani

Pelo menos 20 'jihadistas' do grupo Estado Islâmico morreram em combates nos últimos dias nos arredores da localidade curda síria de Kobani, junto à fronteira com a Turquia, informou hoje o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

© Umit Bektas / Reuters

Os extremistas envolveram-se com as forças curdas das Unidades de Proteção do Povo e outros grupos rebeldes sírios aliados, notícia a agência EFE.

O grupo Estado Islâmico infiltrou-se numa zona situada a oeste de Kobani, recorrendo a lanchas para atravessar o rio Eufrates e dando origem aos confrontos.

Durante os combates, que se desenrolaram em três aldeias próximas da povoação de Shuyuj Tahtani, perderam também a vida cinco milicianos curdos.

De acordo com a EFE, a aviação da coligação internacional lançou vários bombardeamentos contra os botes dos 'jihadistas' e contra grupos de radicais que se encontravam junto à margem do rio.

As Unidades de Proteção do Povo expulsaram a 06 de março passado o grupo Estado Islâmico dos arredores de Kobani, após travarem a sua tentativa de avanço sobre a cidade.

A cidade de Kobani foi, entre 16 de setembro de 2014 e 26 de janeiro passado, o alvo de uma ofensiva do grupo Estado Islâmico durante a qual morreram mais de 2.000 pessoas, na sua maioria 'jihadistas', segundo o Observatório.



Lusa
  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.