sicnot

Perfil

Mundo

Doze presos marroquinos cosem boca e olhos em protesto contra maus tratos

Doze presos marroquinos coseram a boca e os olhos em protesto contra o modo como são tratados pelos guardas da prisão de Juribga, a 200 quilómetros a sul de Rabat, informou hoje o diário local Al Masae. 

reuters

Segundo o jornal, os presos acusam os guardas de fazerem uma "interpretação abusiva" de uma nota administrativa sobre a restauração da autoridade do pessoal carcerário, o que levou a uma "legalização dos maus tratos" contra os prisioneiros.

Com o protesto, os 12 dizem ainda solidarizar-se com um outro preso de 60 anos e com diabetes que, alegam, foi maltratado e espancado por guardas da prisão.

O Al Masae indica que a família do preso de 60 anos apresentou uma queixa por maus tratos, adiantando que a polícia vai abrir hoje um inquérito ao caso, que será alargado a outros casos de presumíveis maus tratos por parte dos guardas.

  • Criança de 2 anos desaparecida em Sintra

    País

    As autoridades estão este domingo a fazer buscas na zona do bairro de Santa Marta, em Casal de Cambra, Sintra, na sequência do alerta do desaparecimento de uma criança de dois anos, segundo fonte da PSP.