sicnot

Perfil

Mundo

Doze presos marroquinos cosem boca e olhos em protesto contra maus tratos

Doze presos marroquinos coseram a boca e os olhos em protesto contra o modo como são tratados pelos guardas da prisão de Juribga, a 200 quilómetros a sul de Rabat, informou hoje o diário local Al Masae. 

reuters

Segundo o jornal, os presos acusam os guardas de fazerem uma "interpretação abusiva" de uma nota administrativa sobre a restauração da autoridade do pessoal carcerário, o que levou a uma "legalização dos maus tratos" contra os prisioneiros.

Com o protesto, os 12 dizem ainda solidarizar-se com um outro preso de 60 anos e com diabetes que, alegam, foi maltratado e espancado por guardas da prisão.

O Al Masae indica que a família do preso de 60 anos apresentou uma queixa por maus tratos, adiantando que a polícia vai abrir hoje um inquérito ao caso, que será alargado a outros casos de presumíveis maus tratos por parte dos guardas.

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite