sicnot

Perfil

Mundo

Exército da Nigéria liberta 293 raparigas e mulheres raptadas pelo Boko Haram

O Exército da Nigéria anunciou hoje a libertação de 200 raparigas e 93 mulheres sequestradas pelo grupo terrorista Boko Haram no bosque de Sambisa, considerado como o bastião deste grupo jihadista.

© Afolabi Sotunde / Reuters

"Não podemos confirmar se as raparigas de Chibok (219 menores sequestradas há quase um ano pelo grupo) estejam entre as libertadas, assinalaram as autoridades nigerianas na sua conta oficial na rede Twitter, citada pela agência noticiosa Efe.

O porta-voz do Exército, Chris Olukolade, assegurou que as vítimas estão a ser submetidas a um processo de identificação que determinará se se tratam das raparigas de uma escola de Chibok, raptadas há um ano, a 14 de abril de 2014. 

Desde o lançamento de uma ofensiva conjunta com as tropas dos Camarões, do Chade e do Níger, a 14 de fevereiro passado, o Exército nigeriano registou o que é classificado como um "notável êxito" no combate ao Boko Haram, como a libertação de 60 cidades tomadas pelo grupo islamita em três Estados do norte do país. 

Fontes militares asseguram que a invasão do bosque de Sambisa poderá ser o culminar da ofensiva conjunta.

O grupo extremista nigeriano, que ameaça o Governo do seu país e que controla amplas áreas do norte do país (de maioria muçulmana), acaba de jurar fidelidade ao grupo terrorista autoproclamado Estado Islâmico, que proclamou um "califado" em zonas do Iraque e da Síria.

O Exército já deixou em outras ocasiões anúncios referentes às menores de Chibok, como um cessar-fogo feito público em outubro passado e que incluía a libertação imediata das raparigas.


Lusa
  • Apoiar o Governo "é um dever constitucional"
    0:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que apoiar o Governo é um dever constitucional do Presidente da República. Num balanço do primeiro ano em Belém, Marcelo respondeu assim a quem o acusa de andar com o Governo "ao colo".

  • Brexit só avança com aprovação parlamentar
    3:04

    Brexit

    O Supremo Tribunal britânico decidiu que o Governo precisa de ter a aprovação do Parlamento para avançar com o Brexit. A decisão foi validada por uma maioria de oito contra três juízes e justificada esta terça-feira pelo Supremo britânico. Por consequência, a libra esterlina atingiu a cotação mais alta do ano em relação ao dólar.

  • Primeira-ministra da Escócia apela ao voto contra a saída da UE
    2:25

    Brexit

    Depois da decisão do Supremo Tribunal britânico em relação ao Brexit, a primeira-ministra da Escócia veio pedir aos deputados que votem contra a saída da União Europeia. Nicola Sturgeon vai apresentar uma moção no Parlamento escocês para que este se pronuncie sobre o Brexit.

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.