sicnot

Perfil

Mundo

Juncker diz que resposta europeia ao naufrágio no Mediterrâneo foi "insuficiente"

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou hoje, perante o Parlamento Europeu, em Estrasburgo, que a resposta do Conselho Europeu à tragédia humana que se vive no Mediterrâneo "foi imediata mas insuficiente".

REUTERS

Num debate no hemiciclo sobre as conclusões da cimeira extraordinária de chefes de Estado e de Governo da União Europeia celebrada na passada quinta-feira, em Bruxelas, após o naufrágio de 19 de abril que provocou cerca de 800 mortos, o presidente do executivo comunitário considerou que as conclusões adotadas foram "inferiores ao nível de ambição" que a situação exige.

Felicitando-se por a sua proposta de triplicar o orçamento da "operação Triton" (para 120 milhões de euros) ter sido aprovada, "após algumas hesitações iniciais", compensando assim o abandono da operação "Mare Nostrum" -- "o que foi um erro que custou vidas", assinalou -, Juncker lamentou que os líderes europeus não tenham ido mais longe.

"Não basta combater os sintomas da crise. É essencial fazer tudo para evitar que pessoas infelizes tenham que apanhar o barco. É essencial que os Estados-membros aumentem a ajuda ao desenvolvimento", defendeu Juncker, que quer também ver reforçada a solidariedade entre os Estados-membros ao nível de recolocação de refugiados.

Juncker lembrou que a Comissão vai apresentar, a 13 de maio, uma proposta de sistema de recolocação de refugiados e apontou que é necessário tratar "com toda a urgência das questões em torno da migração legal", pois os problemas existentes com a "porta" de entrada para a Europa é que levam muitos procurar entrar "pela janela".
  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.