sicnot

Perfil

Mundo

Papa afirma que desigualdade de salários entre géneros é "um escândalo"

O Papa afirmou hoje que a desigualdade de salário entre géneros "é um escândalo" e convidou os católicos a serem mais exigentes para evitar discriminações deste tipo, durante a tradicional audiência de quarta-feira. 

© Max Rossi / Reuters

Francisco continuou a catequese sobre o tema do casamento e garantiu, perante dezenas de milhares de pessoas concentradas na praça de São Pedro, que "a semente cristã da igualdade entre os cônjuges tem de dar hoje em dia novos frutos". 

"Como cristãos temos que ser mais exigentes para alcançar esta meta. Por exemplo, apoiar firmemente o direito a trabalho igual, salário igual. A desigualdade é um puro escândalo", disse. 

Francisco pediu também que se reconheça "a riqueza sempre válida tanto da maternidade das mulheres como da paternidade dos homens".

O Papa argentino insistiu numa "reflexão séria para compreender porque não se querem casar os jovens de hoje (...) Apesar de quase todos desejarem segurança afetiva estável e um casamento sólido", acrescentou. 

Sobre esta questão, Francisco explicou que as dificuldades do casamento "não são apenas de caráter económico, embora estas sejam, na verdade, muito sérias" e afirmou que existe demasiado "medo de se enganarem e de fracassar". 

O Papa também considerou "um insulto" e "uma forma de machismo" pensar que a crise dos casamentos está relacionada com "a emancipação da mulher" nos últimos anos. 

Francisco sublinhou que "o casamento consagrado por Deus protege essa união entre o homem e a mulher, que o mesmo Deus abençoou desde a criação do mundo, e que é fonte de paz para as pessoas e para a sociedade". 

"A melhor maneira de mostrar ao mundo atual a beleza e a bondade do casamento é o testemunho de vida do casal e da família", afirmou. 


Lusa
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • Lembra-se dos olharapos da Expo'98? Estão de volta
    1:46