sicnot

Perfil

Mundo

Primeira noite de recolher obrigatório em Baltimore com 35 detenções

A polícia de Baltimore informou hoje que foram detidas 35 pessoas durante o período em que vigorou o recolher obrigatório das 22:00 de terça-feira (03:00 de Lisboa) às 05:00 de quarta.

NOAH SCIALOM

"Destas 35 detenções, uma respeitou a um menor", indicou Eric Kowalczyk, porta-voz da polícia, durante uma conferência de imprensa. 

O chefe da polícia, Anthony Batts, tinha informado a existência de 15 feridos entre os agentes, dos quais dois tiveram de ser hospitalizados, e 27 detenções. 

Alguns minutos depois das 22:00, a polícia lançou várias bombas de fumo e gás pimenta para dispersar algumas dezenas de pessoas que ainda não tinham saído das ruas. 

Fontes policiais deram também conta do lançamento de objetos sobre os agentes, bem como de um incêndio perto de uma biblioteca. 

Porém, a situação não t3ve comparação com os motins que abalaram a cidade na segunda-feira, durante os quais grupos de jovens incendiaram edifícios e viaturas e pilharam estabelecimentos comerciais. Durante os confrontos, 20 polícias ficaram feridos.

Estes motins, que levaram as autoridades a estabelecer um recolher obrigatório durante uma semana, começaram na segunda-feira logo a seguir ao funeral de Freddie Gray, um negro de 25 anos morto em circunstâncias ainda por explicar. 

Lusa
  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50