sicnot

Perfil

Mundo

Detidos na Alemanha dois suspeitos de planearem ataque terrorista

A polícia alemã deteve hoje de madrugada perto de Frankfurt (oeste) dois presumíveis radicais islâmicos que preparavam um ataque terrorista, disse fonte policial ao diário Die Welt.

Michael Probst

Um comando especial da polícia deteve as duas pessoas -- um homem e uma mulher, segundo as primeiras informações -- na localidade de Oberusel e apreendeu explosivos, uma espingarda de assalto e munições. 

Segundo o jornal, os dois suspeitos pertencem a grupos salafistas, uma referência aos círculos extremistas islâmicos na Alemanha.

O Ministério Público de Frankfurt confirmou apenas que foram feitas buscas naquela localidade, mas recusou dar qualquer pormenor sobre a operação.

A Alemanha, que não utiliza o sistema de níveis de segurança identificados por cores, enfrenta, segundo o Ministério do Interior, um "alto risco abstrato" de terrorismo.

Esse nível de risco significa, segundo explicaram recentemente no parlamento alemão responsáveis das forças de segurança, que não existe nenhum indício concreto sobre um atentado, mas uma ameaça genérica.

Lusa
  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.