sicnot

Perfil

Mundo

Dez condenados a 25 anos de prisão por envolvimento no ataque a Malala

Um tribunal paquistanês condenou 10 homens a 25 anos de prisão por envolvimento no ataque de 2012 à jovem ativista Malala Yousafzai, conhecida por fazer campanha contra os esforços talibãs para negar educação a raparigas.

© Suzanne Plunkett / Reuters

Os talibãs paquistaneses reinvindicaram a responsabilidade do atentado que aconteceu quando Malala ia da escola para casa, em Swat, no noroeste da capital, Islamabad. A polícia acredita que o atirador escapou através da fronteira para o Afeganistão.

Estas foram as primeiras condenações do ataque.

Recorde-se que Malala ficou gravemente ferida e foi levada de helicóptero para a Grã-Bretanha, onde vive agora. Dois outros estudantes ficaram feridos.

Desde então, Malala tornou-se uma embaixadora global do direito à educação para todas as crianças. Ganhou, por isso, o Prémio Nobel da Paz em 2014.

Malala O militantes paquistaneses dos talibã reinvindicaram a responsabilidade do atentado que aconteceu quando Malala ia da escola para casa em Swat, no noroeste da capital, Islamabad. A polícia acredita que o atirador escapou através da fronteira para o Afeganistão.

Estas foram as primeiras condenações do ataque.

Recorde-se que Malala ficou gravemente ferida e foi levada de helicóptero para a Grã-Bretanha, onde vive agora. Dois outros estudantes ficaram feridos.

Desde então, Malala tornou-se uma embaixadora global do direito à educação para todas as crianças. Ganhou, por isso, o Prémio Nobel da Paz em 2014.

Malala Yousafzai não pode regressar à sua terra natal por causa de ameaças de morte dos talibã.

  • Ouvidas duas explosões junto ao estádio do Besiktas em Istambul

    Mundo

    Duas explosões foram ouvidas este sábado no lado europeu da cidade turca de Istambul, junto ao estádio de futebol do Besiktas, segundo agências de notícias internacionais. Até ao momento, sabe-se que pelo menos 20 pessoas ficaram feridas. A agência Reuters relata fumo a sair do recinto recentemente construído e fala ainda numa troca de tiros audível.

    Em desenvolvimento

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19