sicnot

Perfil

Mundo

Prisão perpétua para o último cúmplice do atentado com gás sarin em Tóquio

Katsuya Takahashi, o último membro da seita Verdade Suprema a ser julgado pelos atentados com gás sarin no metro de Tóquio em 1995, foi hoje condenado a prisão perpétua pela sua participação nos ataques.

© Kim Kyung Hoon / Reuters

O tribunal do distrito de Tóquio acedeu ao pedido de prisão perpétua apresentado pelo Ministério Público para Takahashi, de 57 anos, acusado de homicídio e outros crimes devido ao seu papel como condutor durante os atentados, que causaram 13 mortos e 6.000 feridos, dos quais dezenas ficaram em estado quase vegetativo.

Takahashi, que pode ainda recorrer da sentença, declarou-se inocente durante o julgamento e disse que desconhecia que tinha sido utilizado gás sarin no metro da capital nipónica.

Nos seus testemunhos, dois ex-membros da Verdade Suprema afirmaram que a palavra "sarin" foi utilizada com clareza durante as reuniões prévias ao ataque.

Takahashi, apanhado pela polícia em junho de 2012, foi o último membro da seita a ser capturado, após 17 anos em fuga, e foi também o último a ser julgado.

A 20 de março de 1995, Takahashi conduziu o carro em que fugiu Toru Toyoda, seguidor da seita que, em plena hora de ponta, perfurou duas embalagens de gás sarin numa carruagem da linha de Hibiya do metro.

De forma coordenada, outros quatro seguidores fizeram o mesmo noutros quatro comboios do metro, naquele que é considerado o pior ataque terrorista na história do Japão.

O líquido - inodoro e incolor - que derramou das embalagens alcançou quase imediatamente o estado gasoso e propagou-se pelas carruagens em poucos minutos, atacando o sistema nervoso de milhares de passageiros. 


  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.