sicnot

Perfil

Mundo

Sonda Messenger despenhou-se sobre Mercúrio como previsto

A sonda Messenger, da agência espacial norte-americana, despenhou-se esta quinta-feira, como previsto, sobre Mercúrio, acabando com uma missão de exploração científica do mais pequeno planeta do sistema solar.

As imagens captadas pela sonda 'Messenger' confirmaram a teoria de que os polos  do planeta poderiam albergar água gelada e outros componentes (AP/ NASA)

As imagens captadas pela sonda 'Messenger' confirmaram a teoria de que os polos  do planeta poderiam albergar água gelada e outros componentes (AP/ NASA)

Uncredited

O aparelho atingiu o solo de Mercúrio, o planeta que mais perto está do Sol, às 20:30 de Lisboa, informou a NASA, em mensagem divulgada através da rede social Twitter. 

Na altura do choque, a sua velocidade ultrapassava os 14 mil quilómetros horários. 

Lançada em 2004, a Messenger, acrónimo de MErcury Surface, Space ENvironment, GEochemistry, and Ranging (Superfície, Ambiente Espacial, Geoquímica e Alinhamento de Mercúrio), entrou na órbita de Mercúrio em 2011, depois de três aproximações. 

Em 21 de abril, o centro de controlo do Laboratório de Física Aplicada da Universidade de Johns Hopkins, em Laurel, no Estado do Maryland, situado no leste dos EUA, executou a primeira de quatro correções de órbita. 

A última manobra foi efetuada em 24 de abril, esgotando praticamente o combustível, de hélio, tinha explicado Daniel O'Shaughnessy, um dos responsáveis da missão. 

"Pela primeira vez na história, temos um bom conhecimento de Mercúrio, que revela um planeta fascinante no nosso sistema solar", comentara na semana passada o diretor das missões científicas da NASA, John Grunsfeld.

Prevista inicialmente para durar um ano, a missão da Messenger foi prolongada duas vezes, continuando por quase mais quatro anos suplementares.

Entre as principais descobertas científicas que permitiu está a confirmação da hipótese de Mercúrio conter abundantes quantidades de água, sob a forma de gelo, nas crateras que existem nas regiões polares que nunca veem o Sol.  

Os investigadores calcularam que se os gelos fossem estendidos sobre uma zona correspondente à superfície da capital federal dos EUA, Washington, que é de cerca de 180 quilómetros quadrados, a sua espessura seria superior a três quilómetros. 

Para além da Messenger, antes a Mariner 10 foi a primeira sonda a aproximar-se de Mercúrio, por três vezes, em 1974 e 1975. 

A missão Messenger custou 446 milhões de dólares (398 milhões de euros). 


Lusa
  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.