sicnot

Perfil

Mundo

Três mortos, 10 feridos e três desaparecidos em ataque a helicóptero militar no México

Três militares morreram, 10 ficaram feridos e três estão desaparecidos no estado de Jalisco, México, em consequência de um ataque de um grupo armado ao helicóptero onde seguiam, revelou o Governo mexicano.

De acordo com a secretaria de Defesa daquele país, um helicóptero com 18 militares a bordo fazia uma viagem de reconhecimento aéreo, no âmbito do combate ao narcotráfico, tendo localizado um grupo de veículos com elementos armados que abriram fogo sobre o aparelho.

Por causa dos disparos, foi feita uma aterragem de emergência do helicóptero.

Três militares morreram, dez outros e dois agentes da polícia federal ficaram feridos e há ainda três soldados que estão por localizar.

Nas buscas no terreno foram identificados quatro veículos, abandonados pelos autores dos disparos.

O ataque acontece num momento de violência em vários locais na região oeste do México, sobretudo por causa do narcotráfico. 

Entre Autlan e Guadalajara, segunda maior cidade do México, foram bloqueadas hoje várias vias de ligação com autocarros e camiões incendiados, incidentes atribuídos aos narcotraficantes em resposta a detenções de líderes de produção de estupefacientes.

Lusa
  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.