sicnot

Perfil

Mundo

Três mortos, 10 feridos e três desaparecidos em ataque a helicóptero militar no México

Três militares morreram, 10 ficaram feridos e três estão desaparecidos no estado de Jalisco, México, em consequência de um ataque de um grupo armado ao helicóptero onde seguiam, revelou o Governo mexicano.

De acordo com a secretaria de Defesa daquele país, um helicóptero com 18 militares a bordo fazia uma viagem de reconhecimento aéreo, no âmbito do combate ao narcotráfico, tendo localizado um grupo de veículos com elementos armados que abriram fogo sobre o aparelho.

Por causa dos disparos, foi feita uma aterragem de emergência do helicóptero.

Três militares morreram, dez outros e dois agentes da polícia federal ficaram feridos e há ainda três soldados que estão por localizar.

Nas buscas no terreno foram identificados quatro veículos, abandonados pelos autores dos disparos.

O ataque acontece num momento de violência em vários locais na região oeste do México, sobretudo por causa do narcotráfico. 

Entre Autlan e Guadalajara, segunda maior cidade do México, foram bloqueadas hoje várias vias de ligação com autocarros e camiões incendiados, incidentes atribuídos aos narcotraficantes em resposta a detenções de líderes de produção de estupefacientes.

Lusa
  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.