sicnot

Perfil

Mundo

É uma princesa

A mulher do príncipe William, Kate Middleton, foi hoje mãe de uma menina, que será a quarta na linha do trono britânico, anunciou o Palácio de Kensington num comunicado.  

© Cathal McNaughton / Reuters

No mesmo comunicado, o Palácio afirma que o nascimento ocorreu "sem complicações" às 07:34 TMG (08:34 em Lisboa) no Hospital St Mary em Londres na presença do príncipe William e que tanto a mãe como a filha "estão bem". 

A recém-nascida pesa 3,7 quilogramas e já tem um irmão, o primeiro filho do príncipe William e Kate, George Alexander Louis, que nasceu a 22 de julho de 2013 também no Hospital St Mary em Londres.

A informação do nascimento da princesa foi comunicada a uma centena de jornalistas e incondicionais da monarquia concentrados à frente da maternidade.        

O nascimento provocou uma explosão de alegria à frente do hospital St Mary em Londres, onde incondicionais da monarquia gritaram "It's a girl!" ("é uma menina!"). 

 A rainha Isabel II, bisavó pela quinta vez, foi avisada do nascimento no seu castelo de Windsor e está "feliz", refere o comunicado oficial.       

O nascimento da princesa é motivo de celebração na Commonwealth porque a bebé vai beneficiar de uma mudança histórica na Lei Sálica, já que vai ser a primeira a não poder ser ultrapassada na linha de sucessão ao trono por qualquer futuro irmão mais novo. 

O novo bebé real é o quarto na linha do trono britânico, atrás do filho mais velho da rainha Isabel II, príncipe Carlos, do filho mais velho do príncipe Carlos, príncipe William, e do seu irmão mais velho, príncipe George. 



Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.