sicnot

Perfil

Mundo

Israel aconselha judeus a não viajar para Tunísia devido a ameaças terroristas

O Governo do Estado de Israel disse hoje que o país suspeita de "ameaças concretas" de ataques terroristas contra alvos judaicos ou israelitas na Tunísia por ocasião de uma festa judaica que se comemora na quinta-feira.

© Ammar Awad / Reuters

"A informação indica que há planos para ataques terroristas contra israelitas ou judeus na Tunísia", refere um comunicado do gabinete do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, citado pela AFP.

As ameaças estão ligadas à festa judaica Lag BaOmer, que será celebrada a 7 de maio próximo, adianta o comunicado do Governo israelita, instando os judeus a não visitarem a Tunísia durante a festa.

Milhares de peregrinos visitam os túmulos de rabinos famosos na altura de Lag BaOmer, incluindo na Tunísia, na ilha de Djerba, onde existe uma das últimas comunidades judaicas no mundo árabe.

Vários milhares de judeus de França e Israel fazer a viagem para a ilha de Djerba todos os anos. Em 2002, 19 pessoas morreram, na sequência de um ataque à antiga sinagoga El Ghriba atribuído à Al-Qaeda.

Lusa
  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.