sicnot

Perfil

Mundo

Líder norte-coreano visitou novo centro de controlo de satélites

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, visitou as instalações de um recente centro de controlo de satélites e declarou que o país continuará a desenvolver tecnologia espacial apesar das sanções internacionais, revelou a agência norte-coreana KCNA.

© KCNA KCNA / Reuters

A agência oficial não especificou, contudo, quando Kim Jong-un visitou o centro.

"O desenvolvimento espacial pacífico é uma opção assumida pelo nosso partido e pela nossa gente e um direito legítimo da 'Shongun' (política norte-coreana que consiste em dar prioridade ao fortalecimento do setor militar)", disse Kim Jong-un durante a visita ao complexo e de acordo com a KCNA.

O líder norte-coreano disse também que o seu país não vai mudar o seu "estatuto de produtor-lançador de satélites, apesar das forças hostis o negarem" e reafirmou também o objetivo do país asiático em continuar o desenvolvimento espacial "sem ligar a quem se opõe".

A Coreia do Norte está sob sanções das Nações Unidas pelos seus lançamentos de foguetes considerados como mísseis balísticos pela comunidade internacional.

As resoluções da ONU proíbem o país de realizar ensaios nucleares, apesar da Coreia do Norte já ter desrespeitado a decisão várias vezes.

Durante a inspeção ao novo complexo, o líder norte-coreano elogiou o seu pai e antigo líder, Kim Jong-il, que, disse, "marcou o início da nova história de desenvolvimento espacial e provocou o maior lançamento de satélites nos mais de 5.000 anos de história da nação coreana".

Lusa
  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.