sicnot

Perfil

Mundo

Líder norte-coreano visitou novo centro de controlo de satélites

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, visitou as instalações de um recente centro de controlo de satélites e declarou que o país continuará a desenvolver tecnologia espacial apesar das sanções internacionais, revelou a agência norte-coreana KCNA.

© KCNA KCNA / Reuters

A agência oficial não especificou, contudo, quando Kim Jong-un visitou o centro.

"O desenvolvimento espacial pacífico é uma opção assumida pelo nosso partido e pela nossa gente e um direito legítimo da 'Shongun' (política norte-coreana que consiste em dar prioridade ao fortalecimento do setor militar)", disse Kim Jong-un durante a visita ao complexo e de acordo com a KCNA.

O líder norte-coreano disse também que o seu país não vai mudar o seu "estatuto de produtor-lançador de satélites, apesar das forças hostis o negarem" e reafirmou também o objetivo do país asiático em continuar o desenvolvimento espacial "sem ligar a quem se opõe".

A Coreia do Norte está sob sanções das Nações Unidas pelos seus lançamentos de foguetes considerados como mísseis balísticos pela comunidade internacional.

As resoluções da ONU proíbem o país de realizar ensaios nucleares, apesar da Coreia do Norte já ter desrespeitado a decisão várias vezes.

Durante a inspeção ao novo complexo, o líder norte-coreano elogiou o seu pai e antigo líder, Kim Jong-il, que, disse, "marcou o início da nova história de desenvolvimento espacial e provocou o maior lançamento de satélites nos mais de 5.000 anos de história da nação coreana".

Lusa
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54