sicnot

Perfil

Mundo

Milhares de pessoas apelam à paz no norte do Mali

Milhares de pessoas participaram no sábado numa concentração em Bamaco, capital do Mali, num apelo à paz no norte do país, horas depois de uma marcha de apoio à libertação de Ménaka, a 27 de abril, por um grupo armado pró-governo.

© Stringer . / Reuters

A concentração pela paz, pela reconciliação nacional e em defesa de um Mali "indivisível" foi marcada por organizações da sociedade civil e por líderes religiosos.

No passado dia 27 de abril, o grupo armado tuaregue Imghad, favorável ao governo de Bamaco, tomou o controlo da cidade rural de Ménaka, perto da fronteira nigeriana, que estava parcialmente controlada por grupos jihadistas (terroristas islamitas).

No encontro de hoje na capital do Mali, o chefe religioso Chérif Haidara afirmou que a paz no país terá que passar pela assinatura dos acordos de Argel", prevista para o dia 15 em Bamaco, sob mediação internacional da Argélia.

Lusa
  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • Várias povoações evacuadas no concelho de Nisa

    País

    Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram esta quarta-feira à noite evacuadas, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14