sicnot

Perfil

Mundo

Pequeno tsunami atingiu ilhas japonesas sem vítimas ou danos materiais

Um pequeno tsunami atingiu esta manhã um grupo de ilhas japonesas no Pacífico depois de um sismo, sem contudo relatos de danos ou feridos, revelaram as autoridades nipónicas.

O sismo de magnitude 5,7 sacudiu o Japão ao início da madrugada a cerca de 456 quilómetros a sul de Tóquio, revelou o centro sismológico norte-americano, que monitoriza a atividade sísmica em todo o mundo.

Após o tremor de terra, a agência meteorológica japonesa emitiu um alerta de tsunami até um metro para as ilhas Izu, a sul de Tóquio, e para o arquipélago Ogasawara, no extremo sul, no Oceano Pacifico.

Os registos da agência meteorológica japonesa dão conta de pequenas ondas de 50 centímetros terem atingido a ilha de Hachijojima, uma das ilhas Izu, enquanto ondas menores foram registadas na costa de outras pequenas ilhas da zona.

Cerca de duas horas depois do choque, a agência cancelou o aviso sem relatos de feridos ou danos materiais.

O arquipélago japonês está localizado no chamado anel de fogo do Pacifico e regista anualmente centenas de sismos, muitos dos quais não percebidos pelos seres humanos.

Lusa
  • Número de mortos nos incêndios sobe para 44

    País

    Os incêndios florestais que deflagraram no domingo em várias zonas do país provocaram 44 mortos, disse esta sexta-feira a adjunta do comando nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC

  • Aberta nova frente de guerra no Iraque
    1:20

    Mundo

    Uma nova frente de guerra no Iraque está aberta. O exército de Bagdade combate as forças curdas e luta pelo controlo da província petrolífera de Kirkuk. Na origem da ofensiva está o referendo não reconhecido à independência do Curdistão.