sicnot

Perfil

Mundo

Ex-presidente executiva da Hewlett-Packard entra na corrida presidencial norte-americana

A antiga presidente executiva da Hewlett-Packard (HP), Carly Fiorina, anunciou hoje oficialmente, na rede social Twitter, que é candidata à corrida presidencial nos Estados Unidos. 

AP

"Vou concorrer para presidente", escreveu numa mensagem na rede social Carly Fiorina, de 60 anos, a única mulher, até ao momento, a concorrer às primárias republicanas para a nomeação presidencial.

A empresária deve dar a conhecer a estratégia e os assuntos que vão marcar a sua campanha num evento mais formal agendado para hoje à tarde. 

Antiga conselheira do ex-candidato presidencial republicano John McCain, que foi derrotado pelo democrata Barack Obama nas eleições de 2008, Carly Fiorina liderou a HP durante seis anos até 2005, quando foi forçada a demitir-se depois do valor das ações daquela empresa tecnológica em bolsa ter sofrido uma forte quebra.

Em 2010, Carly Fiorina concorreu, sem sucesso, ao cargo de senadora do Estado da Califórnia contra a democrata Barbara Boxer.



Lusa
  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.