sicnot

Perfil

Mundo

Ex-presidente executiva da Hewlett-Packard entra na corrida presidencial norte-americana

A antiga presidente executiva da Hewlett-Packard (HP), Carly Fiorina, anunciou hoje oficialmente, na rede social Twitter, que é candidata à corrida presidencial nos Estados Unidos. 

AP

"Vou concorrer para presidente", escreveu numa mensagem na rede social Carly Fiorina, de 60 anos, a única mulher, até ao momento, a concorrer às primárias republicanas para a nomeação presidencial.

A empresária deve dar a conhecer a estratégia e os assuntos que vão marcar a sua campanha num evento mais formal agendado para hoje à tarde. 

Antiga conselheira do ex-candidato presidencial republicano John McCain, que foi derrotado pelo democrata Barack Obama nas eleições de 2008, Carly Fiorina liderou a HP durante seis anos até 2005, quando foi forçada a demitir-se depois do valor das ações daquela empresa tecnológica em bolsa ter sofrido uma forte quebra.

Em 2010, Carly Fiorina concorreu, sem sucesso, ao cargo de senadora do Estado da Califórnia contra a democrata Barbara Boxer.



Lusa
  • Militares da revolução denunciam corrupção nos órgãos de poder
    3:22

    País

    O presidente da Associação 25 de Abril acusa a classe política de não ter interesse em travar a corrupção em Portugal. Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho, dois dos militares da revolução, consideram que a corrupção está entranhada nos órgãos de poder e deve ser denunciada.

  • "Está prevista mais uma melhoria do rating para breve"
    2:46
  • Fábrica na Covilhã vai produzir para marcas de luxo
    1:47

    Economia

    A Covilhã foi a cidade portuguesa escolhida para a instalação de uma nova fábrica de produção de peças para marcas de luxo. O Grupo FM Industries Sycrilor vai reforçar o investimento na cidade e será responsável pelo polimento de metais para as marcas Louis Vuitton e Cartier.