sicnot

Perfil

Mundo

Morreu segundo doente alvo de ensaio clínico de coração artificial em França

A segunda pessoa em França a receber um muito aguardado coração artificial de última geração morreu oito meses depois do transplante, indicou esta segunda-feira a empresa biomédica Carmat.

A Carmat, que concebeu aquilo que designa como o mais avançado coração artificial do mundo, afirmou que o doente foi hospitalizado na passada sexta-feira em "falência circulatória". (Arquivo)

A Carmat, que concebeu aquilo que designa como o mais avançado coração artificial do mundo, afirmou que o doente foi hospitalizado na passada sexta-feira em "falência circulatória". (Arquivo)

© Benoit Tessier / Reuters

O homem de 69 anos, que quis permanecer anónimo, encontrava-se doente em estado terminal quando recebeu o coração experimental, que foi considerado uma solução de longo prazo para doentes com insuficiência cardíaca em fase final.

A Carmat, que concebeu aquilo que designa como o mais avançado coração artificial do mundo, afirmou que o doente foi hospitalizado na passada sexta-feira em "falência circulatória".

Uma equipa médica identificou o problema: o coração não estava a funcionar corretamente e foi-lhe colocado um novo órgão artificial, mas o doente morreu no sábado de complicações pós-operatórias.

Os corações artificiais são usados há muitos anos como uma solução temporária para doentes com problemas cardíacos crónicos.

Contudo, a Carmat espera fornecer uma solução de longo prazo a dezenas de milhares de pessoas que padecem de doença cardíaca -- a principal causa mundial de morte -- e que não conseguem receber um transplante.

O aparelho, uma unidade autossuficiente implantada no peito do doente, é uma mistura de materiais sintéticos e tecido animal que procura imitar a forma e a função de um verdadeiro coração humano.

São utilizados no coração artificial biomateriais suaves concebidos para reduzir o risco de formação de coágulos e de rejeição pelo sistema imunitário. O aparelho é alimentado por uma fileira de baterias de lítio.

O primeiro caso do ensaio clínico da Carmat, um homem de 76 anos, terminou a 02 de março com a morte do doente, dois meses e meio após o transplante do aparelho.

O segundo doente disse numa entrevista à imprensa francesa, há um mês, que tinha "recuperado" ao ponto de participar em passeios de bicicleta.

Quase 100.000 pessoas na Europa e nos Estados Unidos precisam de um transplante cardíaco, de acordo com a Carmat, mas só cerca de 4.000 corações ficam disponíveis para transplante.

Está previsto que o ensaio clínico da empresa francesa envolva quatro pessoas. Confirmou-se que um terceiro doente recebeu o seu coração artificial na semana passada.

A primeira fase deste ensaio será considerada um êxito se os doentes sobreviverem um mês após o transplante.

A Carmat realizará então uma segunda fase de ensaios clínicos que envolverá 20 doentes.
Lusa
  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.