sicnot

Perfil

Mundo

Perto de sete mil migrantes estão detidos na Líbia

Perto de sete mil migrantes que tentavam chegar à Europa por mar estão detidos na Líbia, indicou hoje um responsável em Tripoli, que pediu a ajuda dos países europeus, bem como dos vizinhos. 

AP

Os migrantes, a maioria de origem africana, foram detidos ao largo da Líbia ou antes de deixarem o país e estão colocados em 16 centros na região de Tripoli, em Misrata (200 quilómetros a leste da capital líbia) e em outros setores, disse Mohammed Abdelsalam Al-Qoueiri, responsável do departamento da luta contra a imigração clandestina.  

Este departamento depende do governo paralelo instalado em Tripoli após a tomada da capital em agosto de 2014 por uma coligação de milícias designada Fajr Libya.

O governo líbio reconhecido pela comunidade internacional está instalado no leste do país, que mergulhou no caos desde a queda do regime de Muammar Kadhafi em 2011. 

A situação anárquica na Líbia favoreceu a intensificação da migração clandestina através dos seus 1.770 quilómetros de costa mal controlada e dos 5.000 quilómetros de fronteiras permeáveis.

A costa da Líbia, no Mediterrâneo, encontra-se a pouco mais de 300 quilómetros da ilha italiana de Lampedusa, onde milhares de migrantes desembarcam todos os anos. 

"Até 7.000 migrantes estão detidos nestes centros. São-lhes fornecidos alimentos, cobertores e cuidados médicos", disse Qoueiri, que se queixou das dificuldades da Líbia em lidar com a questão.

Segundo o responsável, em 2014 os migrantes eram repatriados depois de serem detidos, mas este ano o seu governo, como não é reconhecido pela comunidade internacional, não consegue arranjar aviões para os transportar.

Em 2014 "foram reenviados 25.251 migrantes, mas desde o início deste ano apenas foram 1.615", disse.

"Os países europeus devem suportar o fardo connosco e cooperar para repatriar os migrantes em aviões europeus. Porque é que a Líbia deve ser a única a assumir o custo da operação?", adiantou.

Além disso, como a maioria dos migrantes vem de países distantes, é necessário, segundo Qoueiri, que os países vizinhos também ajam para os travar.

Segundo a ONU, mais de 110.000 migrantes passaram pela Líbia em 2014.



Lusa


  • Dirigentes do GD Ribeirão acusados de auxílio à emigração ilegal
    1:34

    Desporto

    Oito dirigentes do Grupo Desportivo de Ribeirão, um clube de Vila Nova de Famalicão que fechou as portas em 2015, foram acusados pelo Ministério Público.Em causa, estão suspeitas de auxílio à emigração ilegal ou falsificação de documentos, relacionadas com transferências de jogadores estrangeiros em situação ilegal.

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16