sicnot

Perfil

Mundo

Le Pen contra candidatura da filha à presidência francesa

O líder histórico da extrema-direita francesa, Jean-Marie Le Pen, declarou-se contra uma candidatura à presidência pela filha Marine, que o suspendeu da Frente Nacional, partido que fundou e a que esta preside atualmente.

Jean-Marie Le Pen e a filha nas comemorações do 1º de maio

Jean-Marie Le Pen e a filha nas comemorações do 1º de maio

YOAN VALAT/ EPA

"Perante os princípios morais que devem presidir ao Estado francês, seria escandaloso", após a sua "traição", disse o eurodeputado durante uma entrevista difundida hoje pela rádio Europe 1.


Questionado sobre se apoiará a sua vitória nas presidenciais de 2017, Le Pen respondeu: "Por enquanto não".


O eurodeputado, 86 anos, considerou a filha "um pouco pior" do que os partidos do Governo, o UMP (direita) e o Partido Socialista (esquerda), defendendo que os adversários se combatem de frente, não por trás.


Cofundador da Frente Nacional em 1972, Jean-Marie Le Pen dirigiu a formação até 2011, quando a filha se candidatou.


Le Pen desejou que a filha se case para deixar de usar o seu apelido e classificou como um "ato criminoso" a sua suspensão da Frente Nacional, liderada atualmente pela filha. 



Lusa
  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".