sicnot

Perfil

Mundo

Nave espacial russa vai cair na terra até sexta-feira

A nave espacial russa Progress M-27M, que se desviou da sua órbita depois de ter sido lançada a semana passada com destino à estação internacional, vai cair na Terra até sexta-feira, mas sem qualquer ameaça.

Progress M-27M

Progress M-27M

NASA

"Até 24 horas antes, o local da queda do cargueiro fora de controlo só pode ser determinado com uma grande margem de erro", informou fonte do setor aeroespacial da agência de notícias RIA-Nóvosti.

A mesma fonte explicou também que todos os "fragmentos que podem representar uma ameaça não vão chegar à terra, porque se vão desintegrar nas densas camadas da atmosfera".

Segundo previsões do comando norte-americano de Defesa Aeroespacial, a nave espacial russa vai precipitar-se contra a Terra na sexta-feira e vai cair nas águas do oceano Pacífico, perto da costa norte-americana, cerca das 13:30.

A corporação espacial de Energia, fabricante dos cargueiros, previu desde o primeiro momento que a Progress avariada iria cair entre 05 e 07 de maio, mas insistiu que não representa perigo para a Terra já que grande parte da nave vai queimar-se antes de entrar em contacto com a atmosfera.

A Progress, com 35 anos de utilização, é um dos grandes orgulhos da indústria aeroespacial russa, com um historial praticamente imaculado. Até agora, só foi registado um acidente, em agosto de 2011, devido a uma avaria do foguete portador. 

O Centro de Controlo de Voos Espaciais da Rússia perdeu o controlo do cargueiro, lançado do cosmódromo de Baikonur (Cazaquistão), depois de a nave se ter posicionado numa órbita errada e parar de enviar dados para a Terra, porque não acionou todas as suas antenas. 

Todas as tentativas para retomar o controlo da nave automática, que devia chegar à Estação Espacial Internacional com cerca de 2,5 toneladas de combustível, oxigénio, alimentos e equipamento científico, foram, até agora, infrutíferas.

Por causa disso, aos tripulantes da plataforma orbital foi recomendado que economizem nos gastos, já que a próxima Progress não será lançada antes de agosto, apesar do cargueiro norte-americano Dragon sair com destino à estação a 19 de junho.









Lusa
  • Centro comercial em Manchester evacuado

    Mundo

    Um centro comercial foi evacuado esta manhã, no centro de Manchester. Testemunhas dizem ter ouvido um "grande estrondo". O incidente acontece horas depois do ataque na Manchester Arena, no final da atuação da cantora Ariana Grande, no qual morreram pelo menos 22 pessoas. O espaço comercial em Manchester foi entretanto reaberto. A polícia começou a retirar o cordão de segurança, pouco tempo depois de ser dado o alerta. Uma pessoa foi detida.

  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.