sicnot

Perfil

Mundo

Nave espacial russa vai cair na terra até sexta-feira

A nave espacial russa Progress M-27M, que se desviou da sua órbita depois de ter sido lançada a semana passada com destino à estação internacional, vai cair na Terra até sexta-feira, mas sem qualquer ameaça.

Progress M-27M

Progress M-27M

NASA

"Até 24 horas antes, o local da queda do cargueiro fora de controlo só pode ser determinado com uma grande margem de erro", informou fonte do setor aeroespacial da agência de notícias RIA-Nóvosti.

A mesma fonte explicou também que todos os "fragmentos que podem representar uma ameaça não vão chegar à terra, porque se vão desintegrar nas densas camadas da atmosfera".

Segundo previsões do comando norte-americano de Defesa Aeroespacial, a nave espacial russa vai precipitar-se contra a Terra na sexta-feira e vai cair nas águas do oceano Pacífico, perto da costa norte-americana, cerca das 13:30.

A corporação espacial de Energia, fabricante dos cargueiros, previu desde o primeiro momento que a Progress avariada iria cair entre 05 e 07 de maio, mas insistiu que não representa perigo para a Terra já que grande parte da nave vai queimar-se antes de entrar em contacto com a atmosfera.

A Progress, com 35 anos de utilização, é um dos grandes orgulhos da indústria aeroespacial russa, com um historial praticamente imaculado. Até agora, só foi registado um acidente, em agosto de 2011, devido a uma avaria do foguete portador. 

O Centro de Controlo de Voos Espaciais da Rússia perdeu o controlo do cargueiro, lançado do cosmódromo de Baikonur (Cazaquistão), depois de a nave se ter posicionado numa órbita errada e parar de enviar dados para a Terra, porque não acionou todas as suas antenas. 

Todas as tentativas para retomar o controlo da nave automática, que devia chegar à Estação Espacial Internacional com cerca de 2,5 toneladas de combustível, oxigénio, alimentos e equipamento científico, foram, até agora, infrutíferas.

Por causa disso, aos tripulantes da plataforma orbital foi recomendado que economizem nos gastos, já que a próxima Progress não será lançada antes de agosto, apesar do cargueiro norte-americano Dragon sair com destino à estação a 19 de junho.









Lusa
  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.