sicnot

Perfil

Mundo

Polícia desaloja prédio em Madrid ocupado por neonazis

A polícia nacional espanhola desalojou hoje, sem incidentes e sem deter ninguém, um edifício ocupado por pessoas de ideologia neonazi, no bairro de Chamberí, em Madrid, informou um responsável daquela força.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Susana Vera / Reuters

O chefe da polícia de Madrid, Alfonso José Fernández Díez, adiantou que a operação, no seguimento de uma ordem judicial, terminou "de forma ordenada, sem grande alvoroço, nem problemas, e de forma eficiente".

 

O mesmo responsável acrescentou que a operação policial foi preparada com todos os cuidados, para impedir que algum dos ocupantes subisse ao terraço do prédio, como aconteceu numa tentativa de despejo anterior, a 24 de abril passado, em que um dos "okupas" foi até ao último piso de um prédio e ameçou suicidar-se, o que impediu o ação dos polícias.

 

Doze pessoas foram identificadas pela polícia, mas nenhuma foi detida.

 

Os "okupas" do edifício em causa, que o denominaram "Casa Social Ramiro de Ledesma", são conhecidos por dar alimentos a pessoas necessitadas, mas apenas se tiverem nacionalidade espanhola. Distribuem alimentos uma vez por semana e permitiam que algumas pessoas dormissem no prédio.

 

Anteriormente, tinham ocupado um outro imóvel vazio no bairro de Tetuán (norte de Madrid), no qual desenvolveram as mesmas atividades durante vários meses, até serem desalojados no verão passado.

 

No entanto, a presenças destas pessoas no prédio do Chamberí provocou confrontos com membros de grupos de extrema esquerda.

 

A operação envolveu cerca de 40 agentes da polícia antimotim.

 

O prédio era uma antiga instalação do Ministério do Trabalho.


Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.