sicnot

Perfil

Mundo

Ator indiano que atropelou e matou sem-abrigo aguarda recurso em liberdade

O supremo tribunal de Bombaim adiou hoje a entrada na prisão da estrela de cinema Salman Khan, depois de determinar a sua liberdade sob fiança até que o recurso que o ator interpôs seja analisado pelas autoridades judiciais.

© Shailesh Andrade / Reuters

O ator indiano foi condenado, na quarta-feira, a cinco anos de prisão por ter atropelado e matado um sem-abrigo e depois ter fugido do local, em 2002, num bairro de Bombaim.

O juiz Abhay Thipsay concedeu a Khan, estrela da indústria de cinema indiana, conhecida como "Bollywood", a liberdade provisória depois de impor uma fiança de 400 dólares (356 euros) e ordenar que o seu passaporte fosse confiscado, além de o obrigar a registar um novo pedido de fiança, segundo os meios de comunicação locais.

O tribunal começa hoje o seu período de férias de verão, e assim, até 08 de junho, não será retomado o processo contra o ator, que há 13 anos atropelou em Bombaim vários sem-abrigo que dormiam numa calçada, matando um e ferindo outros quatro, tendo fugido do local, segundo a agência de notícias indiana IANS.

Apesar de receber o apoio de outras estrelas de cinema e fãs, um grupo de pessoas manifestava-se à porta do tribunal pedindo que o famoso ator fosse preso.

No dia do acidente, o ator, conhecido como "o rapaz mau" de Bollywood, fugiu do local sem prestar ajuda às vítimas e só no dia seguinte se apresentou na esquadra de polícia.

O motorista de Khan, Ashok Singh, apresentou-se no tribunal (num processo que começou em 2006) e assegurou que era ele que conduzia o veículo naquela noite do acidente, versão que voltou a apresentar durante a audiência de imposição da fiança.

No entanto, várias testemunhas disseram que era o ator a conduzir o carro na noite do acidente.

Salman Khan é filho de um guionista muito conhecido e trabalhou em mais de 100 filmes, depois do seu primeiro sucesso "Maine Pyar Kiya (Eu apaixonei-me)", nos anos de 1980.

O ator esteve sempre envolvido em controvérsias e passou uma semana na prisão por ter matado uma gazela, de uma espécie ameaçada, em 1998 durante uma caçada.

 
Lusa
  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC