sicnot

Perfil

Mundo

Lusodescendente Ed Gonçalves falha eleição para deputado britânico

O lusodescendente Eduardo Gonçalves, candidato pelo partido Liberal Democrata ao parlamento britânico,  manifestou-se hoje "decepcionado" ao falhar hoje a eleição em Rugby, onde Mark Pawsey, do partido Conservador, manteve o lugar de deputado. 

edgoncalves.wordpress.com

Mais conhecido por "Ed", Eduardo Gonçalves angariou 2.776 votos (6%), ficando-se pelo quarto lugar, atrás do candidato do partido eurocético UKIP Gordan Davies, que recolheu 6.885 votos (14%). 

O candidato Liberal Democrata elegeu como prioridade da sua campanha combater o discurso anti-imigração feito por aquele partido, que defende a saída do Reino Unido da União Europeia. 

Numa declaração partilhada pela sua página no Facebook, Eduardo Gonçalves reconheceu que "não foi desta vez" que venceu, atribuindo o resultado à "mudança profunda que aconteceu no Reino Unido". 

Mark Pawsey venceu com 24.040 votos (49%), uma vantagem superior a 10 mil votos em relação ao segundo, a trabalhista Claire Edwards (28%). 

Gonçalves, filho de pais portugueses, mas nascido em Londres em 1968, foi o primeiro candidato de origem portuguesa à Câmara dos Comuns. 

O seu desempenho coincide com uma forte derrota dos "Lib Dems" a nível nacional, que, contabilizadas 58 das 650 circunscrições, perdeu 46 dos 56 assentos na Câmara dos Comuns e elegeu apenas seis.  

"E assim começa o árduo trabalho de reconstruir a partir das bases (mais uma vez), para aprender com o erro tático crasso de tentar recriar o FDP alemão aqui no Reino Unido", disse. 

O ativista ambientalista afirmou que  esta situação "era evidente, desde que Nick Clegg mostrou a sua lamentável falta de experiência de campanha numa 'coroação' na  liderança que ele quase conseguiu perder e seu fracasso como um negociador nas fatídicas negociações de coligação".

"A posição de Clegg é agora tão insustentável que a questão da sua renúncia é quase académica", vincou Gonçalves.



Com Lusa
  • Manchester canta "Don't Look Back in Anger" dos Oasis
    1:11

    Ataque em Manchester

    O Reino Unido cumpriu esta manhã, às 11:00, um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do ataque de segunda-feira em Manchester. Nesta cidade britânica, uma mulher começou a cantar a canção dos Oasis "Don't Look Back in Anger" e a multidão logo se juntou, num momento tocante.

  • Mesquita é demasiado pequena para a quantidade de fiéis que há em Lisboa
    1:16
  • Herói de Paris não vai à Rússia
    2:12
  • Mourinho volta a conquistar a Europa

    Liga Europa

    O Manchester United conquistou esta quarta-feira a Liga Europa pela primeira vez. Este foi o quarto título europeu para Mourinho, depois das conquistas da Taça UEFA, em 2002/03, e da Liga dos Campeões, em 2003/04 e 2009/10.

  • Hoje é o dia internacional da criança desaparecida
    1:52

    País

    Assinala-se esta quinta-feira o dia internacional da criança desaparecida, numa altura em que foi conhecido um dado preocupante: há cada vez mais raptos parentais. O Instituto de Apoio à Criança recebe, por dia, 10 pedidos de ajuda.

  • Primatóloga Jane Goodall na Cimeira National Geographic em Lisboa
    3:00