sicnot

Perfil

Mundo

Nave espacial russa não tripulada deverá cair no oceano Pacífico esta sexta-feira

A nave espacial russa não tripulada, que está desgovernada a caminho da Terra, deverá reentrar na atmosfera nas próximas horas, mas não representa qualquer ameaça.

Os fragmentos que poderiam representar uma ameaça não vão chegar à Terra, porque antes vão desintegrar-se ao entrar na atmosfera. (Arquivo)

Os fragmentos que poderiam representar uma ameaça não vão chegar à Terra, porque antes vão desintegrar-se ao entrar na atmosfera. (Arquivo)

© MAXIM ZMEYEV / Reuters

De acordo com as previsões do comando norte-americano de Defesa Aeroespacial, a Progress vai cair nas águas do oceano Pacífico, perto da costa norte-americana.

Os fragmentos que poderiam representar uma ameaça não vão chegar à Terra, porque antes vão desintegrar-se ao entrar na atmosfera.

Na semana passada, os cientistas perderam o controlo da nave espacial russa não tripulada, que seguia em direção à Estação Espacial Internacional com mantimentos e equipamento.
  • Nave espacial russa está a cair de forma descontrolada em direção à Terra

    Mundo

    Uma nave espacial não tripulada que levava mantimentos para a Estação Espacial Internacional está a cair em direção à Terra, aparentemente de forma descontrolada, disse hoje uma fonte não identificada em declarações à agência AFP. A agência espacial russa, Roscosmos, já anunciou que a nave não vai conseguir acoplar à Estação Espacial Internacional (EEI).

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32