sicnot

Perfil

Mundo

Avião militar cai em Sevilha, Rajoy admite 8 a 10 mortos

Avião militar cai em Sevilha, Rajoy admite 8 a 10 mortos

Um avião militar de carga despenhou-se hoje em Sevilha, Espanha, pouco depois da descolagem, tendo o chefe de Governo espanhol, Mariano Rajoy, admitido a morte dos "8 a 10" tripulantes que seguiam a bordo do A400M.

"No avião viajavam oito a dez pessoas que terão falecido", disse Mariano Rajoy, citado pela agência de notícias espanhola EFE, durante um comício de campanha em La Laguna, o qual foi interrompido assim que o chefe do executivo espanhol foi informado do acidente aéreo.

 

Fontes citadas pela EFE referem que a empresa Airbus, que tem uma fábrica de montagem em San Pablo, utiliza o aeroporto da capital da Andaluzia para a realização de testes.

 

Segundo a EFE, o avião caiu a cerca de uma milha a norte do Aeroporto de Sevilha, adiantando que a Espanha não possui este modelo da Airbus, e que o mesmo foi apenas adquirido, até hoje, pela França, Inglaterra e Turquia.

 

Para o local foram enviados vários meios de socorro.

 

Segundo o jornal espanhol El País, apesar de o acidente aéreo ter ocorrido fora do perímetro do aeroporto de Sevilha, este foi encerrado ao tráfego aéreo.

 

A aeronave militar A400M é o maior propulsor do mundo e a sua produção industrial começou em 2011.

 

O projeto desta aeronave militar nasceu em 2003, após o acordo de sete países (Alemanha, França, Espanha, Reino Unido, Turquia, Bélgica e Luxemburgo), que concordaram em comprar 180 unidades.

 

O programa tinha previsto um investimento inicial de 20 mil milhões de euros, mas foi aumentado em 11 mil milhões pela quantidade de tecnologia que requer este modelo.

 

No caso da Espanha, acrescenta o El País, o Governo comprometeu-se a comprar 27 destes aviões.

 

A primeira entrega estava prevista para o início de 2016, com o objetivo de substituir os Hércules C-130, avião de transporte tático, ao serviço desde 1973.

 

Lusa

  • Partidos vão apresentar propostas alternativas à descida da TSU
    2:52

    TSU

    O Presidente da República defende a redução da Taxa Social Única mas deixa a porta aberta a outra via para compensar o aumento do salário mínimo. PCP e Bloco de Esquerda insistem que não pode haver contrapartidas que estimulem os salários baixos mas admitem outras formas de aliviar as empresas. À direita, também o CDS irá apresentar propostas.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.