sicnot

Perfil

Mundo

Merkel presta homenagem a milhões de soviéticos mortos na II Guerra Mundial

A chanceler alemã, Angela Merkel, prestou hoje homenagem em Moscovo, na Rússia, aos milhões de soviéticos que morreram na II Guerra Mundial combatendo a Alemanha nazi.

© POOL New / Reuters

"Curvo-me perante os milhões de vítimas da Rússia e de outros povos", frisou a chanceler alemã em conferência de imprensa em Moscovo após um encontro com o Presidente russo, Vladimir Putin.

Merkel acrescentou ainda que, pese embora as divergências entre Berlim e Moscovo, nomeadamente sobre a Crimeia e a crise na Ucrânia, é "sempre importante lembrar o sofrimento" infligido pelos nazis aos povos soviéticos durante a II Guerra Mundial.

Putin, por seu turno, lembrou que a Rússia "não lutou contra a Alemanha, mas sim contra a Alemanha nazi".

O Presidente russo referiu-se ainda a outros líderes do ocidente que, devido à crise ucraniana, se recusaram a visitar Moscovo na comemoração dos 70 anos da vitória dos Aliados na II Guerra Mundial.

"Essa é a decisão deles. No entanto, acredito que questões políticas são menos importantes do que algo fundamental como a defesa da paz mundial e da inadmissibilidade de uma catástrofe como a II Guerra Mundial", vincou Putin.

Antes da reunião com Putin, a chanceler alemã havia também prestado homenagem aos soldados soviéticos mortos na II Guerra Mundial e apelou depois à cooperação com a Rússia, no âmbito das tensões com a Ucrânia.

Merkel notou a importância da cooperação "mesmo em situações complicadas" e de "tentar encontrar soluções diplomáticas".

A chanceler manifestou o seu contentamento por este encontro decorrer, ao ser uma oportunidade para "discutir as relações bilaterais, as relações entre a Rússia e a União Europeia, e os acontecimentos na Ucrânia e a sua integridade territorial".

A dirigente depositou uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido, perto do Kremlim, num sinal de apaziguamento das relações institucionais, depois de se ter recusado a participar no desfile militar das comemorações russas do 70.º aniversário da vitória dos aliados contra a Alemanha nazi.



Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.