sicnot

Perfil

Mundo

Merkel presta homenagem a milhões de soviéticos mortos na II Guerra Mundial

A chanceler alemã, Angela Merkel, prestou hoje homenagem em Moscovo, na Rússia, aos milhões de soviéticos que morreram na II Guerra Mundial combatendo a Alemanha nazi.

© POOL New / Reuters

"Curvo-me perante os milhões de vítimas da Rússia e de outros povos", frisou a chanceler alemã em conferência de imprensa em Moscovo após um encontro com o Presidente russo, Vladimir Putin.

Merkel acrescentou ainda que, pese embora as divergências entre Berlim e Moscovo, nomeadamente sobre a Crimeia e a crise na Ucrânia, é "sempre importante lembrar o sofrimento" infligido pelos nazis aos povos soviéticos durante a II Guerra Mundial.

Putin, por seu turno, lembrou que a Rússia "não lutou contra a Alemanha, mas sim contra a Alemanha nazi".

O Presidente russo referiu-se ainda a outros líderes do ocidente que, devido à crise ucraniana, se recusaram a visitar Moscovo na comemoração dos 70 anos da vitória dos Aliados na II Guerra Mundial.

"Essa é a decisão deles. No entanto, acredito que questões políticas são menos importantes do que algo fundamental como a defesa da paz mundial e da inadmissibilidade de uma catástrofe como a II Guerra Mundial", vincou Putin.

Antes da reunião com Putin, a chanceler alemã havia também prestado homenagem aos soldados soviéticos mortos na II Guerra Mundial e apelou depois à cooperação com a Rússia, no âmbito das tensões com a Ucrânia.

Merkel notou a importância da cooperação "mesmo em situações complicadas" e de "tentar encontrar soluções diplomáticas".

A chanceler manifestou o seu contentamento por este encontro decorrer, ao ser uma oportunidade para "discutir as relações bilaterais, as relações entre a Rússia e a União Europeia, e os acontecimentos na Ucrânia e a sua integridade territorial".

A dirigente depositou uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido, perto do Kremlim, num sinal de apaziguamento das relações institucionais, depois de se ter recusado a participar no desfile militar das comemorações russas do 70.º aniversário da vitória dos aliados contra a Alemanha nazi.



Lusa

  • Governo prepara projeto para suavizar transição para a reforma
    1:38

    Economia

    O Governo quer suavizar a transição do trabalho para a reforma. A ideia é que essa passagem seja feita gradualmente e não de uma dia para o outro, o que pode ser mais traumático. O projecto prevê a possilidade do trabalhador cumprir meio horário e acumular com meia pensão.

  • Primeiro discurso de Costa na ONU alinhado com o de Guterres

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, proferirá hoje o seu primeiro discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, devendo estar muito alinhado com a agenda política apresentada na terça-feira pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, valorizando o multilateralismo.

  • Pelo menos 2 mortos em Guadalupe à passagem do furacão Maria

    Mundo

    A passagem na terça-feira do furacão Maria pelo arquipélago francês de Guadalupe, nas Caraíbas, provocou a morte de duas pessoas, indicou o governo. Em declarações à Rádio RCI, Eric Maire, delegado do governo, disse que um homem morreu devido à queda de uma árvore, e que outra pessoa foi encontrada morta junto ao mar.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.