sicnot

Perfil

Mundo

Jean Marie Le Pen admite criar formação política após ter sido suspenso da Frente Nacional

O líder histórico da extrema-direita francesa, Jean Marie Le Pen, admitiu criar a sua própria formação política, uma semana depois de ter sido suspenso da Frente Nacional, partido que liderou durante quase 40 anos.

Jean-Marie Le Pen foi suspenso da FN por causa das polémicas declarações feitas em abril sobre o holocausto e a imigração.

Jean-Marie Le Pen foi suspenso da FN por causa das polémicas declarações feitas em abril sobre o holocausto e a imigração.

Michel Euler / AP

"Eu não vou criar outro partido. Vou criar uma formação que não vai rivalizar com a Frente Nacional", disse à rádio francesa Courtoisie.

"Acho que devemos restaurar o movimento para uma verdadeira democracia", afirmou Jean Marie Le Pen, 86 anos, que também corre risco de perder o cargo de presidente honorário da Frente Nacional (FN), liderado agora pela sua filha Marine Le Pen.

Jean-Marie Le Pen foi suspenso da FN por causa das polémicas declarações feitas em abril sobre o holocausto e a imigração.

O partido vai convocar uma assembleia extraordinária para decidir se lhe será retirado o seu atual estatuto de presidente honorário. 
Lusa
  • Cinco mortos provocados pelo tufão Hato em Macau
    1:13
  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.