sicnot

Perfil

Mundo

John Kerry reúne-se com Vladimir Putin esta terça-feira na Rússia

O chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry, reúne-se na terça-feira em Sochi, no sul da Rússia, com o Presidente russo, Vladimir Putin, na primeira visita que faz ao país depois do início do conflito na Ucrânia.

O Presidente russo Vladimir Putin e o chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry. (Arquivo)

O Presidente russo Vladimir Putin e o chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry. (Arquivo)

© Maxim Shemetov / Reuters

"John Kerry realiza uma visita de trabalho à Rússia no dia 12 de maio", informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo em comunicado.

Em Sochi, residência de verão do Presidente russo nas margens do Mar Negro, o secretário de Estado norte-americano vai também reunir-se com o homólogo, Serguei Lavrov, para discutir uma série de questões bilaterais e regionais.

Segundo o Departamento de Estado, Kerry e Lavrov vão abordar a situação na Ucrânia, as negociações nucleares com o Irão e a guerra na Síria.

A visita de Kerry enquadra-se "nos esforços contínuos para manter linhas de comunicação direta com altos responsáveis russos e assegurar que os pontos de vista dos Estados Unidos são transmitidos com clareza", segundo o comunicado da diplomacia norte-americana.

O conflito com a Ucrânia, em particular a anexação da Crimeia pela Rússia, deteriorou significativamente as relações da Rússia com o Ocidente, que acusa Moscovo de apoiar militarmente os separatistas do leste ucraniano.

"Confiamos que a visita do secretário de Estado sirva para normalizar as relações bilaterais, de que tanto depende a estabilidade internacional", lê-se no comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo.

O Departamento de Estado informa, por outro lado, que John Kerry viajará de Sochi para a localidade turca de Antalia para participar, na quarta-feira, numa reunião informal de ministros dos Negócios Estrangeiros da NATO.
Lusa
  • "Putin não está preparado para tomar qualquer decisão sobre a Ucrânia antes do referendo", disse John Kerry

    Crise na Ucrânia

    O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, afirmou que o Presidente russo, Vladimir Putin, não tomará nenhuma decisão sobre a Ucrânia antes da realização do referendo na Crimeia. John Kerry fez algumas declarações aos jornalistas depois de um encontro de cerca de seis horas com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, que decorreu hoje em Londres. 

  • Uma nova Guerra Fria?

    Sociedade das Nações

    O chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry, disse esta semana que Washington não quer uma Rússia que se isola através das suas próprias ações, pedindo a Moscovo que ajude a travar o clima de tensão na Ucrânia. No momento das declarações de Kerry na abertura do 21º Conselho Ministerial da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, o Presidente russo, Vladimir Putin, acusava em Moscovo o Ocidente, nomeadamente os Estados Unidos, de terem utilizado a crise ucraniana como pretexto para impor sanções à Rússia. 

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.