sicnot

Perfil

Mundo

Papa alerta "poderosos" para julgamento de Deus caso não protejam a natureza

O papa advertiu hoje os "poderosos" do mundo, na missa de abertura da assembleia-geral da rede Caritas, que serão "julgados por Deus" caso não assegurem a proteção da natureza para se poder alimentar a população mundial.

© Max Rossi / Reuters

Na Basílica de São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco lembrou "aos poderosos da terra que um dia Deus os julgará" para ver se eles têm tentado "alimentar toda a gente" e se "têm trabalhado para que a natureza não seja destruída, para que possa produzir esse alimento".

Esta chamada de atenção surge meses antes da conferência internacional sobre o clima, que irá ocorrer em Paris no final do ano, de onde deverá sair o acordo mais ambicioso de sempre para limitar o aquecimento global.

O papa deverá publicar uma encíclica nas próximas semanas, que é há muito aguardada pelos crentes, sobre "os aspetos éticos da ecologia".

A 20.ª Assembleia Geral da Caritas, que coordena as atividades de 165 organizações de solidariedade social católicas em todo o mundo, iniciou-se hoje e termina no sábado.










Lusa
  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.