sicnot

Perfil

Mundo

Vídeo mostra polícia a agredir imigrantes no norte de França

Vídeo mostra polícia a agredir imigrantes no norte de França

A polícia francesa está a ser acusada de violência sobre imigrantes em Calais, no norte do país. Um vídeo amador mostra o momento em que um grupo é agredido por agentes. As autoridades já estão a investigar o caso.

  • Mais de 30 ilegais intercetados pelas autoridades ao tentarem entrar em Melilla, Espanha

    Mundo

    Perto de 35 africanos foram intercetados pela polícia quando passaram, esta quinta-feira, a fronteira que separa Marrocos da cidade espanhola de Melilla. À volta de cem pessoas tentaram subir a cerca que separa o território africano do enclave espanhol. As 35 pessoas que conseguiram fazer a travessia foram imediatamente levadas para o centro de acolhimento de imigrantes. Quinze pessoas terão ficado sentadas no muro por mais de cinco horas. Este novo assalto veio na sequência daquela que foi a maior entrada de ilegais no enclave espanhol este ano, a 10 de fevereiro. Em 2014, registaram-se 65 assaltos em Melilla. Nesse ano, mais de 16 mil pessoas tentaram entrar em território espanhol.

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.