sicnot

Perfil

Mundo

Grupo designado Estado Islâmico reivindica atentado de Carachi contra xiitas

O grupo designado Estado Islâmico reivindicou o ataque a tiro a um autocarro no Paquistão, que transportava membros da minoria xiita ismaelita, e que matou 43 pessoas, alegadamente o seu primeiro atentado neste país.

Dezenas de elementos das Forças Armadas da Síria terão sido capturados pelo Estado Islâmico numa zona desértica (Arquivo Reuters)

Dezenas de elementos das Forças Armadas da Síria terão sido capturados pelo Estado Islâmico numa zona desértica (Arquivo Reuters)

© Omar Sanadiki / Reuters

A reivindicação deste grupo, feita através da rede social Twitter, é suscetível de agravar os receios com a influência desta organização extremista, baseada no Médio Oriente, uma vez que esta ação sucede ao anúncio, feito em janeiro, da criação de um ramo numa região que engloba o Afeganistão, o Paquistão e partes dos países vizinhos. 

"Graças a Alá, foram mortos 43 apóstatas e cerca de 30 foram feridos", declarou o grupo, em declaração feita em Árabe.

O Paquistão tem assistido a uma onda crescente de violência sectária nos últimos anos, em particular contra os xiitas, que representam cerca de 20% da sua população, maioritariamente muçulmana, de 200 milhões. 

Fonte militar adiantou que o ataque foi feito por seis homens, que se deslocavam em motocicletas, que entraram no autocarro e dispararam indiscriminadamente. 

O príncipe Karim Aga Khan, que é o líder espiritual da comunidade ismaelita mundial, já condenou o atentado, à semelhança do primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, e do secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

Tem havido preocupações crescentes com a possibilidade de o grupo conseguir apoio no Paquistão, que tem dezenas de grupos a atuar. 

Um grupo designado Jundullah, que já reivindicou atentados relevantes, incluindo um a uma igreja em Peshawar, que matou 81 cristãos em 2013, também reclamou a autoria deste ataque ao autocarro. 

O Jundullah já declarou a sua obediência ao grupo Estados Islâmico. 

Lusa
  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC