sicnot

Perfil

Mundo

Cinco mortes por hora no Brasil em 2012

O Brasil registou, em 2012, cinco mortes com arma de fogo por hora, segundo o relatório anual Mapa da Violência, que recolhe dados de três anos.

Arquivo

Arquivo

© Reuters Photographer / Reuter

No total, mais de 42.416 pessoas perderam a vida em consequência de disparos, o pior resultado desde 1980, quando começou a ser feito o Mapa da Violência, elaborado com base no Sistema de Informação de Moralidade do Ministério da Saúde.

De acordo com o estudo, 94,5% destas mortes deveram-se a homicídios, com o restante a corresponder a acidentes com armas de fogo (284 casos), suicídio (989) e causas "indeterminadas" (1.066).

Em 94% dos casos as vítimas eram homens.

Entre 1980 e 2012, a média anual de mortes por arma de fogo aumentou 387%, face a um crescimento da população de 61% no mesmo período.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.