sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 14 feridos no segundo dia de greve contra projeto mineiro no Peru

Pelo menos 14 pessoas ficaram feridas na quarta-feira durante confrontos entre manifestantes e polícia no segundo dia de greve, no sul do Peru, contra o projeto mineiro Tía María, da empresa mexicana Southern Copper.

© Enrique Castro-Mendivil / Reu


Segundo a imprensa local, sete polícias ficaram feridos no distrito de Cocachacra, província de Islay, após serem atingidos por pedras e objetos contundentes lançados por manifestantes a partir do topo de montanhas e das plantações de arroz da zona. 

Outros sete estudantes universitários também ficaram feridos quando entraram em conflito com agentes policiais no exterior da Universidade Nacional de San Agustín, na cidade de Arequipa.

Dois dos universitários ficaram feridos devido ao rebentar de bombas de gás lacrimogéneo enquanto outros cinco foram atingidos com disparos da polícia, segundo o diário La República.

A greve foi convocada pela Federação de Trabalhadores, e contou com o apoio do sindicato dos professores, da construção civil e de frentes de defesa de bairros muito populados, como o Cono Norte.

Os líderes do protesto afirmaram na segunda-feira que vão continuar a greve, apesar de, no fim de semana, o Governo ter ordenado a militarização de Islay.

A Southern Copper, uma filial do Grupo México, anunciou no passado dia 27 de março, que vai continuar a desenvolver o projeto depois de o seu porta-voz oficial no Peru ter informado que este iria ser cancelado devido ao que definiu como "terrorismo anti-mineiro". 

A Southern Copper investiu 1.400 milhões de dólares (cerca de 1.230 milhões de euros) para a construção do Tía María, cuja produção estimada é de 120.000 toneladas métricas anuais de cátodos de cobre.



  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.