sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 50 mortos em ataques a três aldeias da Nigéria atribuídos ao Boko Haram

Pelo menos 55 pessoas morreram esta semana em dois ataques a aldeias na Nigéria, atribuídos ao grupo extremista Boko Haram, afirmou esta sexta-feira fonte governamental, citada pela AFP.

Pelo menos três soldados, seis vigilantes e dezenas de insurgentes do Boko Haram foram mortos durante os confrontos da quarta-feira à noite em Maiduguri, onde as autoridades dizem que os extremistas "foram esmagados pelas tropas". (Arquivo)

Pelo menos três soldados, seis vigilantes e dezenas de insurgentes do Boko Haram foram mortos durante os confrontos da quarta-feira à noite em Maiduguri, onde as autoridades dizem que os extremistas "foram esmagados pelas tropas". (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"Combatentes do Boko Haram atacaram aldeias de Bale e Kayamla onde mataram pelo menos 55 pessoas e queimaram várias casas depois de saqueá-las, antes de prosseguirem para arredores de Maiduguri, onde foram esmagados pelas tropas", disse um oficial vigilante, Abacha Zinnari.

De acordo com Abacha Zinnari, os supostos membros do Boko Haram "mataram 30 pessoas em Kayamla e outras 25 em Bale", aldeia que "está de luto", desde o ataque da quinta-feira. 

Os homens armados, que eventualmente pertencem à organização, "queimaram cerca de 50 casas e saquearam lojas de alimentos e gado", acrescentou. 

Um residente de Kayamla, Musa Kumbo, disse que pelo menos 30 pessoas foram mortas no ataque Boko Haram na sua aldeia e assentamentos circundantes.

 Musa Kumbo disse que os populares da região terão ouvido gritos dos homens armados a afirmarem que "iriam voltar e terminar a sua operação".

As mesmas fontes garantem que pelo menos três soldados, seis vigilantes e dezenas de insurgentes do Boko Haram foram mortos durante os confrontos da quarta-feira à noite em Maiduguri, onde as autoridades dizem que os extremistas "foram esmagados pelas tropas". 

Há três semanas, um outro ataque a um mercado de uma localidade nigeriana perto de Maiduguri, no nordeste do país, atribuído ao Boko Haram, causou quatro mortos. 
  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19